Connect with us

Interior

Vítimas de massacre em fazenda de Vilhena foram metralhadas de joelhos

Hora1 Rondônia

Publicado

em

Cozinheira sobrevivente andou a pé por 15 km junto com duas crianças

A reportagem do FOLHA DO SUL ON LINE esteve na fazenda onde cinco pessoas foram mortas na noite de ontem e obteve novos detalhes da chacina. A propriedade, palco de outro massacre, fica a cerca 100 km da área urbana de Vilhena.

No local, a reportagem obteve a informação de que um grupo de sete homens, fortemente armados, chegou à fazenda por volta das 19:00h. Ao ouvir o barulho, um dos netos do dono da terra saiu e deu de cara com os assassinos. “Não atira que é um menino”, teria alertado um dos integrantes do bando.Ao ouvir as vozes, o fazendeiro Heladio Cândido Senn, conhecido como “Nego Zen”, saiu para ver do que se tratava e foi baleado com uma arma de grosso calibre. Na casa em anexo, dois empregados da propriedade e a esposa de Zen já haviam sido dominados.

As crianças (havia outra neta de Nego Zen no local) foram levadas para a residência do caseiro, e trancadas com a cozinheira do casal assassinado, conhecida pelo apelido de “Gorda”. Um outro funcionário da fazenda conseguiu fugir antes de ser dominado pelos assassinos.

Um dos empregados assassinados, identificado como Jhonatan Rocha Borges dos Reis, de 21 anos, era casado com a cozinheira. Após trabalhar por sete meses na propriedade, ele havia deixado o emprego, mas voltou há duas semanas, levando a esposa para morar no local.

EXECUÇÃO SUMÁRIA
Junto com os três empregados, a esposa de Nego Zen, Sônia Biavatti, foi levada para uma espécie de refeitório. Ali, todos teriam sido obrigados a ficar de joelhos e executados com tiros na cabeça. O terceiro morto não teve sua identidade divulgada.

TORTURA
Um policial que estava no local contou ao site que, mesmo atingido mortalmente, Nego Zen também teria sido torturado. O policial revelou que havia perfurações de faca no corpo dele.

TIROTEIO
A reportagem constatou que um barracão usado para guardar máquinas e ferramentas teve as paredes de metal crivadas de balas de diferentes calibres. Uma bandeira do Brasil colocada sobre a estrutura metálica também foi metralhada pelo grupo armado (VEJA VÍDEO ABAIXO).

OS SOBREVIVENTES
Hoje pela manhã, horas depois que os assassinos haviam ido embora, deixando para trás o rastro de sangue e atrocidades, a cozinheira “Gorda” saiu do cômodo onde havia sido trancada e caminhou por cerca de 15 quilômetros levando as crianças. O pai de uma delas (filho de Nego Zen), que estava na cidade, havia ligado, mas como as chamadas não foram atendidas, ele se deslocou para a fazenda, encontrando os sobreviventes na estrada.

AUTORIA E MOTIVAÇÃO
A polícia não divulgou se há pistas sobre suspeitos ou a motivação do ataque violento. Existe a possibilidade de a ação ter sido executada por invasores, que reivindicam a terra, ou ser serviço executado por pistoleiros profissionais.

Fonte: Folha do Sul

Dê a sua opinião!

Interior

ATUALIZADA: Os três mortos em acidente que envolveu ônibus e carreta em trecho da BR 364 na região central de Rondônia eram motoristas

Hora1 Rondônia

Publicado

em

Corpos foram resgatados por funerária de Presidente Médici

Os três mortos em um violento acidente envolvendo um ônibus e uma carreta num trecho da BR 364, entre Cacoal e Presidente Médici são todos motoristas: dois eram do coletivo de passageiros e o outro dirigia o veículo de carreta.

O acidente aconteceu na madrugada desta sexta-feira, 03, em uma curva da rodovia federal. As causas da colisão ainda não foram divulgadas, mas motoristas de outra companhia teriam dito que o condutor do ônibus invadiu a pista da carreta. Existe a possibilidade de ele ter dormido ao volante.

Junto à empresa Matriz, dona do ônibus e com sede em Goiânia, o site obteve a informação de que o veículo havia saído da capital de Goiás com destino a Rio Branco, no Acre.

Os dois motoristas mortos moravam, respectivamente, em Trindade e Goiânia, ambas em Goiás, e o caminhoneiro era do Paraná. Os corpos dos três foram resgatados por uma funerária de Presidente Medici. Os feridos também foram levados para a mesma cidade, mas nenhum estaria em estado grave, segundo as informações iniciais.

Fonte: Folha do Sul

Dê a sua opinião!

Continue Reading

Interior

URGENTE: Colisão frontal entre carreta e ônibus deixa mortos e feridos na BR-364; Veja o Vídeo

Hora1 Rondônia

Publicado

em

Um gravíssimo acidente de trânsito foi registrado logo nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (03), envolvendo uma carreta bitrem é um Ônibus da empresa Matriz, próximo a curva da Uva na BR-364 entre os municípios de Presidente Médici e Cacoal, interior do Estado de Rondônia.

As primeiras informações que o site Hora1rondonia apurou até o momento, a colisão entres os dois veículos foi frontal, matando várias pessoas e deixando outras feridas. No momento da forte batida estava chovendo muito e logo após o acidente várias ambulâncias de Cacoal e Ji-Paraná chegaram no local para prestar os primeiros socorros as demais vítimas que estavam lesionadas, sendo algumas levadas para Cacoal e outras para Presidente Medici.

 

 

BREVE MATERIAL ATUALIZADA…

Dê a sua opinião!

Continue Reading

Interior

Policial Civil aposentado é assassinado a pauladas na zona rural de Ariquemes

Hora1 Rondônia

Publicado

em

Um policial Civil aposentado identificado como Carlos Alberto Nery de Menezes, 63 anos, e conhecido popularmente pela alcunha de “Amazonas”,  foi assassinado na noite de quinta-feira (02), em sua propriedade localizada no KM 05 da BR-364 na zona rural do município de Ariquemes.

A equipe de jornalismo do site Hora1rondonia apurou que a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de um possível crime de homicídio, onde um homem teria sendo executado a pauladas. Ao chegar no local já se deparou com o corpo da vítima em meio a uma área de mata aos fundos de sua casa, com cortes e afundamentos na cabeça e solicitaram uma equipe do suporte avançado do Samu para constatar o óbito da vítima.

O local foi mantido isolado e a perícia criminal foi solicitada para fazer os trabalhos necessários, durante todo o trabalho foi verificado vários hematomas na cabeça da vítima e próximo um pedaço de madeira usado pra matar a vítima, o crime pode está relacionado a um latrocínio (Roubo seguido de morte). O corpo foi removido pela funerária de plantão e uma equipe de investigadores da Polícia Civil segue com as investigações para elucidar o crime.

Dê a sua opinião!

Continue Reading

Em alta

Mais lidas