Connect with us

Interior

Traumatizado após ataque de onça no Cone Sul, indígena de 67 anos que abateu felino não sai mais de casa para caçar

Hora1 Rondônia

Published

on

José Latundê já se recuperou, mas agora cuida de sua plantação de mandioca

Através do WhatsApp, o FOLHA DO SUL ON LINE conversou, na manhã desta quarta-feira, 06, com um dos filhos do velho indígena José Torto Latundê. Ele tem 67 anos e, no mês de agosto, sobreviveu ao ataque de uma onça pintada dentro da Terra Indígena Tubarão Latundê, em Chupinguaia.

Após vários dias internado em Vilhena, o idoso voltou para sua aldeia, onde já se encontra plenamente recuperado dos ferimentos que sofreu na luta contra o felino. A valentia de José ganhou destaque em todo o país, com a história sendo contada em grandes veículos da imprensa nacional (RELEMBRE AQUI).

O entrevistado contou que, embora já esteja sem nenhuma sequela do ataque da onça, o pai ainda guarda marcas psicológicas. Desde o incidente, ele não saiu mais de casa para caçar, uma de suas atividades preferidas. “Ele agora tá cuidando da sua plantação de mandioca”, revelou o filho.

Traumatizado e temendo sofrer novas investidas de feras selvagens, José delegou a função de abater animais para subsistência da família aos seus herdeiros. O veterano (e agora aposentado) caçador tem preferência por carne de jacaré, espécie abundante na grande reserva onde vive.

Fonte: Folha do Sul

Dê a sua opinião!

Interior

LATROCÍNIO: Cabo do Exército que estava desaparecido é encontrado morto com tiros na cabeça e suspeitos são presos

Hora1 Rondônia

Published

on

O cabo do Exército Brasileiro, identificado como Carlos Cabixi de 24 anos, foi encontrado morto no final da tarde desta sexta-feira (26), após a prisão de dois suspeitos na zona rural do município de Guajará-Mirim, região de fronteiras entre Brasil e Bolívia.

A vítima estava desaparecida desde a última quarta-feira (24), quando teria deixado a esposa na faculdade e contou que iria se encontrar com alguns amigo e depois não foi mais visto. A Polícia recebeu a denúncia e desde então começou um trabalho de investigação conjunto da PM e PC e dois suspeitos acabaram sendo presos, um deles confessou o crime, contou que ele e o comparsa mataram a vítima para roubar a motocicleta e teriam atravessado o veículo para o país da Bolívia.

Os criminosos levaram os policiais até o local onde estava o corpo da vítima, quando chegaram constataram o crime se deparando com o corpo do militar já em avançado estado de putrefação. Durante a perícia foi possível perceber perfurações na cabeça da vítima. Após a finalização o corpo foi removido para o Instituto Médico Legal e os criminosos conduzidos para o presídio da cidade, onde ficaram à disposição da justiça.

Dê a sua opinião!

Continue Reading

Interior

ATUALIZADA: Polícia Civil identifica mulher que foi morta a pauladas e facadas em Ji-Paraná

Hora1 Rondônia

Published

on

Logo na madrugada desta sexta-feira (26), a Polícia Militar fez o registro de um crime de homicídio onde uma mulher foi morta com pauladas e facadas, sendo quase degolada na frente de uma distribuída de gás na Avenida Amazonas com Estrada Velha no bairro Primavera, 2º distrito do município de Ji-Paraná.

A vítima foi identificada como sendo Beatriz Vanessa da Silva, 41 anos, a qual tinha problemas com drogas segundo as investigações apuradas pela equipe da Polícia Civil da cidade. O crime pode esta relacionado a um possível acerto de contas.

Dê a sua opinião!

Continue Reading

Interior

VIOLÊNCIA SEM TRÉGUA: Mulher é barbaramente degolada após ter sido agredida a pauladas em Ji-Paraná

Hora1 Rondônia

Published

on

Uma mulher até o momento identificada apenas como “Bia”, de aproximadamente 30 anos, foi barbaramente assassinada com requintes de crueldade após ter sido agredida a pauladas e depois degolada no meia da rua da Estrada Velha, no Bairro Primavera, 2º distrito do município de Ji-Paraná, interior do Estado de Rondônia.

A Polícia Militar do 4º batalhão foi acionada para atender a ocorrência de homicídio, pois havia uma mulher morta na frente de uma casa e assim que chegou os policiais constataram que a vítima estava degolada e solicitaram a perícia criminal para fazer os trabalhos necessários, onde o perito verificou que a vítima além de esta degolada haviam outras marcas de violência pelo corpo como se tivesse sido agredida a pauladas, sendo encontrado próximo do cadáver pedaços de madeira.

A mulher segundo relatos de testemunhas, estava sentada na frente de uma distribuidora de gás quando foi atacada por um homem a pauladas e quando a mulher desmaiou ele com uma faca desferiu várias facadas no pescoço da mulher quando degolando. Após a perícia o corpo foi liberado para a funerária de Plantão fazer a remoção. A Polícia Civil da homicídio segue com as investigações e não descartam um possível acerto de contas motivado por dívidas de drogas.

Dê a sua opinião!

Continue Reading

Em alta

Mais lidas