Tragédia em escola de Fortaleza: teto desaba e Corpo de Bombeiros é acionado

Não houve vítimas, porque não havia estudantes nas salas

0
459

Desde que aconteceu o massacre na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, estudantes do país inteiro acabaram ficando traumatizados, pois sabem que a violência se faz presente em todo país.

Em Suzano, o final da história foi aterrorizante, os dois jovens assassinos fizeram uma barbaridade, mas depois disso muitas outras escolas pelo país já registraram atos de violência, sem contar aquelas que convivem diariamente com o perigo, mas não com medo de algum atirador, mas porque não são feitas as devidas manutenções.

Muitas escolas estão em péssimo estado de conservação e é só o tempo fechar e a chuva ameaçar cair que professores e alunos ficam receosos.

Em Fortaleza, na tarde desta sexta-feira (29), o teto da Escola Estadual de Educação Profissional Maria Ângela da Silveira Borges, que fica no bairro Vicente Pinzon, desabou de uma só vez.

O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 13 horas e os profissionais foram informados que se tratava de ‘desabamento de edificação’. Foi enviado para a escola uma guarnição de salvamento e também uma equipe de resgate, que chegando ao local constataram que boa parte do teto desabou.

O teto desabou minutos antes dos alunos entrarem na escola. Não houve vítimas, porque não havia estudantes nas salas, mas se fosse alguns minutos mais tarde, o pior teria acontecido.

Uma equipe de engenheiros da Secretaria Estadual de Educação para averiguar o problema e o local foi isolado. As aulas estão suspensas até que a escola realmente ofereça condições de receber os alunos. Os pais estão preocupados e querem conversar com a diretoria antes dos filhos voltarem à escola.