STJD: dedo de Guerrero contra Flamengo rende suspensão de 2 jogos

Como já cumpriu uma partida de suspensão automática diante do Palmeiras, atacante ficará fora do duelo contra o Avaí, na próxima quinta

0
305
RJ - BRASILEIRÃO/FLAMENGO X INTERNACIONAL - ESPORTES - Guerrero, do Internacional, sofre corte no rosto em dividida e acaba expulso na reclamação do lance, durante partida contra o Flamengo válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, no estádio do Maracanã, na zona norte do Rio de Janeiro, nesta quarta-feira, 25. 25/09/2019 - Foto: THIAGO RIBEIRO/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO

O atacante Paolo Guerrero foi punido nesta sexta-feira (11/10/2019) pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O jogador do Internacional foi julgado pela expulsão na partida contra o Flamengo, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, e tomou dois jogos de suspensão.

Guerrero foi enquadrado no artigo 258, por desrespeitar a arbitragem. Na ocasião, o atacante colorado discordou da marcação do árbitro Luiz Flávio de Oliveira, que considerou normal uma dividida entre ele e o zagueiro Rodrigo Caio. Ao ver o sangue escorrendo pela cabeça, Guerrero se indignou e disparou insultos à arbitragem. Entre eles, o jogador peruano mostrou o dedo do meio, ato que foi flagrado pelas câmeras da partida.

Como já cumpriu uma partida de suspensão automática diante do Palmeiras, Guerrero ficará fora apenas do duelo contra o Avaí, na próxima quinta-feira (17/10/2019). Já em relação ao artigo 258-A, que aborda “ofensa ao público”, o atacante foi absolvido.

Também nesta sexta, o lateral Bruno foi denunciado no artigo 250 por ato desleal, mas só foi advertido. Quem também saiu ileso do STJD foi o técnico Odair Hellmann. Ele foi julgado por discutir com a equipe de arbitragem, mas foi absolvido. O treinador foi demitido pelo Internacional nessa quinta-feira.

Já o vice de futebol do Inter, Roberto Melo, foi enquadrado no artigo 258 por desrespeitar a arbitragem e levou 30 dias de suspensão como punição.