Servidor do Hospital Regional de Vilhena é preso pela PRF indo para fazenda com armas e munições

Além de espingarda no carro, homem carregava pistola na cintura

0
149

Por volta das 16:30 de quarta-feira, 02, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu duas armas de fogo e várias munições, durante abordagem a um funcionária do Hospital Regional de Vilhena, de 50 anos, que conduzia uma caminhonete Chevrolet S10, no km 20 da BR-174.

De acordo com o registro do caso, após receber ordem de parada, o motorista apresentou nervosismo ao entregar os documentos aos policiais, o que levou a equipe a realizar uma busca no interior do veículo.

Questionado para onde ia, o motorista relatou estar indo de Vilhena para uma fazenda, onde iria trabalhar numa máquina agrícola.

Apesar do suspeito negar a presença de arma no carro, durante a revista foi encontrada a uma espingarda calibre 20 desmontada dentro de uma mochila que seguia na caçamba, juntamente com 22 cartuchos do mesmo calibre e, dentro do console, um saco plástico com mais 5 munições de calibre 28.

Apesar da arma e das munições serem encontradas, o motorista continuava alegando não haver mais, porém, em revista pessoal, foi encontrado em sua cintura uma pistola .380 devidamente municiada e um carregador no bolso, contendo 29 munições do mesmo calibre.

Em consulta ao número de serie da pistola, os federais constataram que ela tinha registro, porém, em nome de outra pessoa, de quem o motorista alegou ter comprado na cidade de Porto Velho pelo valor se R$ 5.000 a cerca de dois meses.

Como nenhuma das armas estavam registradas em seu nome e sem documentação, o servidor recebeu voz de prisão por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, sendo conduzido para a Delegacia da Polícia Civil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here