Conecte-se com a gente!

Geral

REPRODUÇÃO: Planejamento reprodutivo para adolescentes é ofertado em Porto Velho

Hora 1 Rondônia

Publicado em

em

Compartilhe essa notícia!

Serviço conscientiza sobre métodos contraceptivos disponíveis na rede básica de saúde

Planejamento reprodutivo é ofertado nas unidades básicas de saúdePlanejamento reprodutivo é ofertado nas unidades básicas de saúde

Com o objetivo de garantir os direitos sexuais de homens e mulheres e escolhas reprodutivas conscientes, o município intensificou, nos últimos anos, ações voltadas ao planejamento reprodutivo, sobretudo na população adolescente da capital. Foram mais de 43 mil atendimentos realizados durante o período pandêmico.

Disponibilizado pela Prefeitura, o planejamento reprodutivo segue a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher (Paism). Consiste na oferta de métodos contraceptivos que garantem à mulher, ou o homem em idade fértil, recursos necessários para a escolha reprodutiva consciente do método que melhor convier.

Advertisement

Voltado à adolescência, a conscientização quanto à sexualidade saudável, segura e responsável se mostra importante nessa fase da vida. Por isso, os meios de garantir um planejamento reprodutivo adequado, bem como a assistência, são ofertados nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município.

BALANÇO

Entre 2020 e 2021, dos 43 mil atendimentos voltados ao planejamento reprodutivo, 953 ocorreram em adolescentes entre 10 e 19 anos.

Advertisement

Ana Emanuela Chagas, coordenadora da Saúde da Mulher Ana Emanuela Chagas, coordenadora da Saúde da Mulher

Quando se trata de gravidez na adolescência, nos últimos dois anos, a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) realizou cerca de 9 mil atendimentos nas UBS’s. “A falta de planejamento reprodutivo na adolescência implica muitas vezes em uma gravidez precoce e indesejada, o que representa riscos à saúde”, explica Ana Emanuela Chagas, coordenadora da Saúde da Mulher na Semusa.

As consequências de uma gestação na adolescência vão desde riscos de partos prematuros, até a morte por conta de complicações da própria gravidez, ou do parto. “É um corpo que ainda não está sendo desenvolvido. Gerar uma vida na adolescência traz riscos que uma mulher adulta não teria na maioria das vezes, devido às suas condições fisiológicas e até anatômicas”,detalha a coordenadora.

DESAFIO

Advertisement

O tema pode ser considerado um desafio para pais, educadores e para o próprio adolescente. “Às vezes, o adolescente não procura o serviço por se sentir intimidado ou julgado ao revelar uma vida sexualmente ativa. Porém, é preciso evitar que essa adolescente busque o serviço de saúde já quando está com a gravidez em curso”, explica a coordenadora.

O objetivo do planejamento reprodutivo disponibilizado no município é garantir os direitos sexuais e reprodutivos da população, permitindo que tenham acesso à informação e atendimento adequado, que respeitem as escolhas reprodutivas e permitam uma escolha consciente e saudável de formar uma família.

Município oferta métodos contraceptivos nas UBS's Município oferta métodos contraceptivos nas UBS’s

“O nosso serviço tem sido preparado para fazer o acolhimento e aconselhamento, inclusive em espaços de convívio mais comuns para o adolescente, como é o caso das escolas, por meio das ações do Programa de Saúde Escolar. Existe uma sensibilização constante dos nossos servidores para que o atendimento ocorra de forma menos limitada ou receosa ao público adolescente”, destaca a coordenadora.

Advertisement

ACOMPANHAMENTO

A Prefeitura disponibiliza nas unidades de saúde, enfermeiros e médicos qualificados para o atendimento focado na reprodução, seja para concepção ou contracepção. A população pode acessar os métodos por meio de atendimento com enfermeiro ou médico na unidade de saúde.

No caso específico das adolescentes, é preferencial que o acompanhamento seja feito junto aos pais ou responsável, mas não impede que o adolescente possa ter acesso a informações sobre sexualidade e reprodução, bem como de um método caso queira evitar uma gravidez.

Advertisement

“Prezamos pelo consenso familiar. É de grande importância que a adolescente tenha o suporte dos pais e/ou familiares nesse momento”, frisa a coordenadora.

A Semusa disponibilizou uma cartilha com mais informações sobre aos métodos anticoncepcionais disponíveis nas unidades básicas de saúde.

Texto: Semusa
Foto: Saul Ribeiro

Advertisement

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Faça seu comentário

Compartilhe essa notícia!

Geral

IMUNIZAÇÃO: Crianças com idades a partir dos 8 anos já podem ser vacinadas contra a covid-19 em Porto Velho

Hora 1 Rondônia

Publicado em

em

Compartilhe essa notícia!

Atendimento é feito em 11 unidades de saúde e no Porto Velho Shopping

Crianças com idades a partir dos 8 anos já podem receber a vacina contra a covid-19 em Porto Velho. A redução começa a valer a partir desta terça-feira (25).

Com a redução da faixa etária, este público já pode se dirigir às unidades de saúde que ofertam o imunizante, das 8h às 17h, além do ponto instalado no Porto Velho Shopping, que funciona das 14h às 19h.

Advertisement

A imunização do público infantil tem seguido os protocolos que impedem o contato das crianças com o público adulto nos locais de aplicação das doses.

A vacinação é feita mediante apresentação de cartão do SUS e um documento oficial. A criança deve estar acompanhada dos pais ou responsáveis legais.

Já a imunização de crianças portadoras de comorbidades exige a apresentação de um documento que comprove a condição clínica.

Advertisement

Confira os pontos de vacinação aqui.

Texto: Semusa
Foto: Wesley Pontes

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Advertisement
Faça seu comentário

Compartilhe essa notícia!
Continuar Lendo...

Geral

EDUCAÇÃO: Ano letivo na rede municipal de Porto Velho inicia no dia 9 de fevereiro

Hora 1 Rondônia

Publicado em

em

Compartilhe essa notícia!

Município implantou sistema para o retorno das aulas presenciais

Ano letivo iniciará com respeito aos protocolos de saúde contra a covid-19Ano letivo iniciará com respeito aos protocolos de saúde contra a covid-19

Com o início do ano letivo marcado para o dia 9 de fevereiro, a Prefeitura de Porto Velho já estabeleceu um plano de retorno das aulas presenciais, focado em um sistema seguro contra a covid-19. As ações contemplam toda a rede, que compreende os alunos da educação infantil, ensino fundamental e também da Educação de Jovens e Adultos (EJA) nas escolas da zona urbana e da zona rural.

O plano, segundo a secretária municipal de educação, Gláucia Negreiros, foi elaborado ainda em 2020 e permitiu que, no ano passado, o município priorizasse o ensino híbrido, com aulas presenciais e também de forma remota. O formato deve ser mantido, mas não será opcional. Apenas alunos com comprovação documental poderão permanecer no ensino remoto.

Advertisement

“No ano passado, com o avanço da vacinação para todos os profissionais da educação nós garantimos um retorno presencial de todos os alunos da rede municipal, mas ainda garantimos o ensino híbrido nas sextas-feiras para as famílias que não se sentiam seguras. Existia esse planejamento para contemplar o grupo de alunos com algum tipo de comorbidade. Dessa mesma forma nós continuaremos, em 2022, iniciando neste formato a educação, com o ensino híbrido, mas quase que totalmente presencial, de segunda a quinta-feira. Apenas na sexta-feira haverá o planejamento desses estudantes com comorbidades”, explica.

Imunização dos professores garante um retorno presencial seguro Imunização dos professores garante um retorno presencial seguro

A vigência de decreto municipal, implantado no ano passado, estabelece a obrigatoriedade de apresentação do cartão de vacina para acesso aos órgãos da administração municipal, incluindo escolas, o que é válido para pais e responsáveis.

“É mais uma forma de garantir a segurança daquele ambiente escolar que muito em breve vai estar recebendo todos os nossos quase 45 mil alunos para o ano letivo de 2022”, reforçou.

Advertisement

VACINAÇÃO DOS PROFISSIONAIS

Outro ponto que assegura o início do ano letivo é a vacinação dos profissionais da educação, que foram priorizados como condição de retorno das aulas presenciais. Conforme a plano de vacinação, já está disponível a dose de reforço para este grupo.

Texto: Renata Beccária
Foto: Wesley Pontes

Advertisement

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Faça seu comentário

Compartilhe essa notícia!
Continuar Lendo...

Geral

PROTEÇÃO: Porto Velho terá dois eventos com testagem e vacinação contra a covid-19 para pessoas com sintomas gripais

Hora 1 Rondônia

Publicado em

em

Compartilhe essa notícia!

Centro de Referência da Saúde da Mulher e três unidades de saúde oferecem serviços neste sábado (22)

Ações vão ofertar doses contra a covid-19 ao público vacinável Ações vão ofertar doses contra a covid-19 ao público vacinável

Duas estratégias de atendimento serão postas à disposição da população, neste sábado (22), para atender a demanda por testes rápidos e vacina contra a covid-19.

A primeira é iniciativa do Ministério da Saúde e acontecerá no Centro de Referência da Saúde da Mulher, na rua Venezuela, bairro Embratel, ao lado da Maternidade Municipal Mãe Esperança.

Advertisement

O evento acontecerá simultaneamente em outras seis capitais da região Norte. Em Porto Velho, haverá vacinação, testes rápidos para pessoas com sintomas de síndromes gripais, por livre demanda, das 9h às 13h.

Um representante do Ministério da Saúde estará presente e o ministro da pasta, Marcelo Queiroga, fará interações por vídeo durante o evento, que será transmitido ao vivo pelos canais digitais do próprio MS.

“Todos nossos esforços estão voltados em ampliar a cobertura da segunda dose e da dose de reforço. Mesmo com a estrutura poderosa do SUS, a região Norte é um desafio por ter dimensões continentais e áreas remotas. Precisamos trabalhar forte para garantir que a população esteja protegida”, destacou o ministro da saúde, Marcelo Queiroga.

Advertisement

Já a segunda ação envolverá as unidades de saúde Manoel Amorim de Matos, Hamilton Gondim e Ana Adelaide, que atenderão das 8h às 18h. “A iniciativa é oportuna e contribui positivamente com os nossos esforços para atender a população”, diz a secretária municipal de saúde, Eliana Pasini.

As unidades estarão abertas para a realização de testes rápidos de covid-19 apenas para pessoas com sintomas gripais. “É importante que pessoas façam os exames porque a variante predominante apresenta sintomas leves. A pessoa infectada deve ser isolada para evitar mais transmissões”, recomenda a secretária adjunta da Semusa, Marilene Penati.

PROGRAMAÇÃO

Advertisement

Local: Centro de Referência da Saúde da Mulher
Endereço:
 rua Venezuela, 2356, bairro Embratel
Horário: 9h às 13h

 

 

Advertisement

Local: Unidade de Pronto Atendimento Ana Adelaide
Endereço: rua Padre Chiquinho, 1060
Horário: 8h às 18h

 

 

Advertisement

 

Unidade de Saúde Hamilton Gondin
Endereço:
 rua José Amador dos Reis, bairro Tancredo Neves
Horário: 8h às 18h

 

Advertisement

 

 

Unidade de Saúde Manoel Amorim de Matos
Endereço:
 rua Angico, 5030, bairro Cohab
Horário: 8h às 18h

Advertisement

 

 

Texto: Semusa
Foto: Saul Ribeiro

Advertisement

 

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Faça seu comentário
Advertisement

Compartilhe essa notícia!
Continuar Lendo...
Advertisement

Em alta