Conecte-se com a gente!

Política

RECONHECIMENTO: Prefeito encerra o ano complementando o abono de profissionais da educação de Porto Velho

Hora 1 Rondônia

Publicado em

em

Compartilhe essa notícia!

Aumento no rateio do Fundeb possibilitou o valor adicional

Os profissionais da educação de Porto Velho terminam 2021 com mais uma gratificação. A Prefeitura conseguiu garantir mais um complemento no valor de R$ 1.520,00 para cada professor com contrato de 25 horas/aula.

O decreto municipal que prevê a remuneração foi publicado no Diário Oficial do Município (DOM), na última quinta-feira (30), através da Lei Orgânica nº 876, de iniciativa da própria Prefeitura.

Advertisement

O complemento faz parte do rateio do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e foi aprovado pela Câmara Municipal de Porto Velho.

“Os professores já receberam, no natal, R$ 2.800,00. Já para quem tem dois contratos o valor foi de R$ 5.600. Os valores são resultados do aumento do repasse de recursos por conta da arrecadação do ICMS e FPM, que possibilitaram avançar os investimentos para 73% na educação municipal em 2021. Isso trouxe resultados positivos. Agora, chega esse abono de R$ 1.520,00 aos professores que fizeram por merecer sem dúvida alguma”, comentou o prefeito Hildon Chaves.

Para a titular da Secretaria Municipal de Educação (Semed), o complemento é um reconhecimento ao trabalho dos professores em um ano desafiador para a educação.

Advertisement

“Foi um ano positivo para a educação na Capital, mesmo com a pandemia tivemos avanços significativos nas escolas e no ensino presencial e remoto, agora essa boa notícia para fechar o ano com chave de ouro: professores recebendo abono salarial de R$ 4.320,00 por cada contrato de 25 horas. Tem profissional da educação que vai receber até R$ 8.640,00, o que é muito merecido por toda a dedicação em 2021”, salientou a secretária.

Texto: Géri Anderson
Foto: Wesley Pontes

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Advertisement
Faça seu comentário

Compartilhe essa notícia!

Política

Estudos para universalização do saneamento básico em Porto Velho serão discutidos em novas datas

Hora 1 Rondônia

Publicado em

em

Compartilhe essa notícia!

Encontros acontecerão no Teatro Banzeiros

A Prefeitura de Porto Velho redefiniu as datas das audiências públicas que discutirão os estudos técnico, econômico-financeiro e jurídico que buscam atender o município sede e distritos com os serviços de água tratada e esgotamento sanitário.

A primeira audiência agora está prevista para acontecer em 14 de fevereiro de 2022 e a segunda no dia 14 de março do mesmo ano. Nos encontros, a população poderá discutir os estudos, bem como apresentar propostas e sugestões.

Advertisement

Após essa fase, é esperado a publicação do edital de licitação, na forma da lei, previsto para acontecer no mês de abril.

A estimativa da Prefeitura é de que, em dez anos, o abastecimento de água tratada em Porto Velho chegue a 95% da população. Nesse mesmo período, o esgotamento sanitário deve chegar a mais da metade dos lares do município.

O prazo de concessão do serviço será de 30 anos com investimento privado na ordem de R$ 2,5 bilhões e outorga mínima de R$ 120 milhões.

Advertisement

Os encontros serão nas dependências do Teatro Banzeiros, das 15 às 19h. Os documentos com os estudos podem ser conferidos aqui.

Contribuições, dúvidas e pedidos de esclarecimentos podem ser encaminhados ao e-mail: cgp.pvh@portovelho.ro.gov.br.

 

Advertisement

Texto: Pedro Bentes
Foto: 
Leandro Morais

Faça seu comentário

Compartilhe essa notícia!
Continuar Lendo...

Política

Emenda do presidente Alex Redano para compra de equipamentos hospitalares para Alvorada do Oeste empenhada

Hora 1 Rondônia

Publicado em

em

Compartilhe essa notícia!

Serão investidos R$ 200 mil na aquisição dos equipamentos para a rede municipal de saúde

O presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), anunciou que o Governo, através da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), fez o empenho de emenda de sua autoria, no valor de R$ 200 mil, para a aquisição de equipamentos hospitalares para a rede de saúde em Alvorada do Oeste.

O recurso deverá ser liberado após a assinatura do convênio entre o Governo e a prefeitura e vai ser aplicado em melhorias na rede pública de saúde do município.

“Alvorada do Oeste é mais um município beneficiado com a nossa atuação parlamentar, com uma emenda de R$ 200 mil para a compra de equipamentos hospitalares para a rede de saúde do município. É a nossa contribuição para Alvorada, atendendo ao setor que sempre carece de investimentos, que é a saúde”, destacou Redano.

Advertisement

Texto: Eranildo Costa Luna-ALE/RO

Foto: Diego Queiroz-ALE/RO

Faça seu comentário
Advertisement

Compartilhe essa notícia!
Continuar Lendo...

Política

Vereador Everaldo Fogaça ouve demandas das famílias do Cristal da Calama

Hora 1 Rondônia

Publicado em

em

Compartilhe essa notícia!

O vereador Everaldo Fogaça (Republicanos) visitou esta semana as famílias residentes do Cristal da Calama para conferir de perto a denúncia de abandono feita pelos próprios moradores, das ruas Enedilson Lobato e Araguaína.

São ruas que, em que pese terem sido asfaltadas, já está com a camada asfáltica totalmente depreciadas, esburacadas e que oferecem uma péssima condição de trafegabilidade para pedestres e motoristas.

“Aqui são mais de duas mil e oitocentas famílias que aqui foram alojadas pelo Município no convênio com o Governo Federal através do Programa Minha Casa Minha Vida e que hoje passam por sérias dificuldades, sem contra com outras oito mil pessoas que residem na região do entorno”, disse o vereador.

Advertisement

De acordo com Everaldo o asfalto está depreciando porque não houve obras de saneamento e a água da chuva está destruindo a pavimentação. No local, o vereador realizou entrevistas com transeuntes – dentre motoristas e pedestres – e gravou imagens para uma reportagem que ele veiculou em seu programa nesta sexta-feira, mostrando o sufoco diário a que são submetidos os cidadãos que moram próximo ao residencial, inclusive na rua Goianésia, que é uma das principais vias de acesso até o conjunto.

“Ai prefeito, vamos dar uma olhada aqui na Goianésia que a coisa aqui tá feita”, disse um dos entrevistados. Nesse mês de janeiro, com as chuvas torrenciais que caem na capital diariamente, a situação ficou ainda mais crítica.

O único veículo que não enfrentam tanta dificuldade para transitar nas ruas é os coletivos urbanos que fazem a linha ônibus. E os depoimentos continuaram à reportagem: “Rapaz, tá feio demais, estamos pedindo pelo amor de Deus.

Advertisement

O prefeito não olha pra nós. Prometeu que ia asfaltar a Calama há três anos e até agora nada”, disse outro motorista. Confira a matéria e os depoimentos dos moradores sobre a situação das ruas da região do Cristal da Calama.

Faça seu comentário

Compartilhe essa notícia!
Continuar Lendo...
Advertisement

Em alta