Connect with us

Brasil

Quadrilha armada com fuzil ataca carro forte em mercadinho da Zona Sul; Veja Vídeo

Hora1 Rondônia

Published

on

Brasil – Uma quadrilha com seis suspeitos armados com fuzis trocou tiros com seguranças em um mercado no Grajaú, Zona Sul da cidade de São Paulo, na tarde desta terça-feira (5), durante uma tentativa de assalto. Os homens abandonaram uma bolsa com explosivos no local.

As informações iniciais da Polícia Militar são de que o grupo chegou à Avenida Professora Marta Maria Bernardes por volta das 13h30 dividido em três carros.

Os homens teriam a intenção de atacar um carro-forte em frente a uma loja da rede Ricoy e também os cinco caixas eletrônicos que ficam dentro do estabelecimento.

Segundo a PM, houve troca de tiros entre os seguranças e os suspeitos, que conseguiram fugir, sem completar a ação. Não havia informação sobre feridos até a última atualização desta reportagem.

Ainda segundo a polícia, o grupo abandonou uma bolsa preta com explosivos na loja, próximo aos caixas eletrônicos. De acordo com o coronel Racorti, comandante do 4º Batalhão de Choque, o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foi ao local verificar o material.

A funcionária de um restaurante da região disse à reportagem que a via foi interditada pela polícia por volta das 14h e muitas viaturas atendiam a ocorrência. Segundo ela, os comércios foram fechados, e a perícia já estava em andamento.

O caso foi atendido pela 3ª companhia do 50º batalhão da PM e será registrado no 85º Distrito Policial do Jardim Mirna.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) informou às 17h que a PM procura os seis suspeitos e confirmou que a troca de tiros com os vigilantes do supermercado frustrou a ação.

Segundo a pasta, na fuga, a quadrilha deixou uma bolsa com supostos artefatos e, por isso, o Gate foi acionado.

 

*Com informações do G1

Dê a sua opinião!

Brasil

Mulher é presa por matar bebê de 1 ano afogado e simular acidente

Hora1 Rondônia

Published

on

Mulher afogou criança sem que a mãe percebesse e ainda simulou um acidente

A Polícia Civil prendeu uma mulher de 62 anos suspeita de matar um bebê de 1 ano na cidade de Itambacuri, no Vale do Rio Doce, em Minas. Ela estava foragida desde 2015, quando o crime ocorreu, e foi localizada em Coronel Fabriciano, a cerca de 220 quilômetros de Itambacuri.

De acordo com a corporação, as investigações apontam que a mulher afogou o bebê em um local com água nos fundos da casa em que trabalhava. Ela teria agido sem que a mãe da criança percebesse.

Segundo a Polícia Civil, após o crime, a mulher ainda tentou simular um acidente.

A perícia técnica da Polícia Civil, no entanto, concluiu que a causa da morte do bebê foi asfixia por afogamento. Ainda em 2015, a corporação representou pela prisão preventiva da suspeita. Ela fugiu e ficou foragida desde então.

As investigações foram conduzidas pela Delegacia de Polícia Civil em Itambacuri, e a prisão contou com apoio de policiais do 12º Departamento de Polícia Civil em Ipatinga.

Dê a sua opinião!

Continue Reading

Brasil

URGENTE: Casal é executado dentro de casa na comunidade Rio Piorini; mulher estava grávida de oito meses

Hora1 Rondônia

Published

on

Manaus – Na noite desta sexta-feira (26), Taide Ramon da Silva Picanço, de 27 anos, e Samantha Silva, de 18 anos, foram assassinados dentro de casa na rua Morro Belo, comunidade Rio Piorini, bairro Colônia Terra Nova, zona Norte da capital amazonense.

De acordo com informações preliminares, dois carros de placas não identificadas chegaram ao local por volta das 19h, momento em que um grupo de criminosos invadiu a residência e efetuou diversos disparos de arma de fogo contra o casal.

Conforme informado por populares, Samantha estava grávida de oito meses e o bebê em seu ventre chegou a ficar mexendo por algum tempo após ela ter sido morta, possivelmente ainda vivo. No entanto, ao chegar no local, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) constatou o óbito do homem, da mulher e também da criança.

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para realizar a remoção dos corpos. O caso deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

 

FONTE: CM7

 

Dê a sua opinião!

Continue Reading

Brasil

Ensino a distância conquista adeptos e aumenta após fim de restrições

Hora1 Rondônia

Published

on

Mais de 50 instituições participaram de pesquisa sobre a modalidade

O anúncio da pandemia de covid-19 em março de 2020 trouxe diversas transformações sociais. Com as restrições de locomoção e de contato social, setores indispensáveis tiveram que passar por adaptações. Uma das mais significativas ocorreu na educação, que passou a adotar o modelo de ensino a distância (EAD) em praticamente todas as modalidades de educação – desde treinamentos básicos a mestrados e doutorados.

Apesar de apresentarem, em média, desempenhopior do que os cursos presenciais, os cursos a distância trazem opções de ensino viáveis para alunos que necessitam trabalhar e estudar ao mesmo tempo e para pessoas que necessitam compartimentar ou flexibilizar os horários de estudo.

“A EAD se encaixa perfeitamente como solução para a realidade atual devido a sua flexibilidade, aos diversos meios de transmissão de conteúdo (vídeos, textos, aplicativos, jogos), aos canais de comunicação existentes, além de beneficiar os diferentes tipos de aprendizagens”, ressaltou a Fábia Kátia Moreira, consultora de EAD e tecnologia internacional que atua na área há mais de 25 anos.

Para a consultora, “diante da pandemia da covid-19, mesmo as instituições mais tradicionais e resistentes à EAD estão lançando mão dessa modalidade, senão para oferecer novas possibilidades de aprendizagem aos estudantes, ao menos para garantir o cumprimento dos duzentos dias letivos exigidos em lei”.

Qualidade de vida

De acordo com a psicóloga e estudante de pós-graduação em Gestão de Pessoas Jaqueline Oliveira, o EAD oferece aumento em qualidade de vida, já que elimina a necessidade de deslocamento. “Me ajudou muito pela questão de flexibilidade de horários. Tenho uma vida muito corrida e moro em uma área que faz com que eu precise ficar em transporte público por, no mínimo, 1h30 antes de chegar na instituição de ensino. Ganhei qualidade de vida e me adaptei à didática. Acredito que não quero mais fazer ensino presencial”, afirmou.

Um levantamento feito pela Associação Brasileira de Educação a Distância (Abed) mostra que tanto a procura quanto a oferta por cursos EAD tiveram aumento substancial entre 2020 e 2021, e que, apesar da situação criada pela pandemia, o mercado tende a se consolidar mesmo após o término das restrições sanitárias.

As características do EAD, entretanto, também trazem dificuldades. Entre elas, o aumento da inadimplência e da evasão escolar. Os dados coletados pela Abed mostram que para 21,6% dos cursos EAD oferecidos a inadimplência cresceu em até 50%. A evasão escolar também é maior via EAD – para 27,5% dos cursos analisados a evasão aumentou em até 50%.

Dos alunos entrevistados e que estão inadimplentes, 70% responsabilizaram a crise econômica criada pela pandemia como razão para suspender os pagamentos de mensalidades, enquanto 47,1% afirmaram ter dificuldades de adaptação ao ensino remoto emergencial.

Dia Nacional do EAD

Instituído em 2003 pela Associação Brasileira de Ensino a Distância (Abed), o dia 27 de novembro marca a celebração do ensino a distância como ferramenta de educação e democratização do conhecimento.

Para discutir temas relevantes sobre o assunto, como metodologias, perfis educacionais e desafios do mercado de EAD, a Abed preparou um calendário de palestras online gratuitas para o público – tanto alunos quanto educadores.

A programação completa pode ser conferida aqui.

Edição: Maria Claudia

Dê a sua opinião!

Continue Reading

Em alta

Mais lidas