Conecte-se com a gente!

Política

Porto Velho: Prefeito Hildon Chaves “some” e não assina anuência de mais de R$ 1,2 bilhão para água e esgoto

Hora 1 Rondônia

Publicado em

em

Compartilhe essa notícia!

Vereador de Porto Velho Everaldo Fogaça (REPUBLICANOS)

Porto Velho, RO – O prefeito Hildon Chaves (PSDB) tem até esta quinta-feira 06.01 para assinar a anuência do Município de Porto Velho ao Marco legal do Saneamento Básico, que prevê, conforme a legislação federal, levar água potável (99%) e tratamento de água (90%) aos cidadãos Porto-velhenses até o ano de 2033.

Mas, ao que tudo indica, o prefeito Hildon Chaves tem outros planos não pretende manter a concessão com a Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia (CAERD) que seria, em tese, a responsável pelos investimentos para atingir a meta prevista no novo Marco Legal, aprovado em 2020 pelo Senado.

Advertisement

O Governo de Rondônia está com R$ 1.248.505,220,69 (Um bilhão, duzentos e quarenta e oito milhões, quinhentos e cinco mil, duzentos e vinte Reais e sessenta e nove centavos) prontos para investir no setor de água tratada e esgoto na capital e nos distritos e ribeirinhos, mas sem a anuência da capital, os planos da Companhia vão, literalmente, por água abaixo.

A denúncia foi feita hoje pelo vereador Everaldo Fogaça, presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal de Porto Velho. Segundo ele, a Câmara Municipal votou no ano de 2020, o Plano Municipal de Saneamento Básico acreditando na proposta da Prefeitura em melhorar o setor através de investimentos.

SUMIU
Segundo o vereador, as últimas notícias que chegam da Câmara Municipal é que Hildon Chaves sumiu e já avisou aos assessores do alto escalão que não vai assinar.

Advertisement

“A posição adotada pelo prefeito deixa clara que sua ideia é precarizar ainda mais os serviços da Caerd para justificar um distrato entre as partes e a contratação de uma empresa terceirizada para executar o serviço de água potável e esgoto, através do regime das Parceiras Público-Privadas”, ressaltou o vereador.

Para o vereador, a Prefeitura tem mostrado que não quer mais parceria com a CAERD e, agindo em alguns casos até de maneira irresponsável. “As empresas terceirizadas das obras de asfaltamento, contratadas pela Prefeitura vêm, sistematicamente, quebrando e avariando o sistema de distribuição de água para precarizar ainda mais o serviço, em várias ruas da cidade, citando exemplo do bairro Lagoa”, comentou.

Outro ponto destacado pelo vereador é que a companhia terá prejuízos enormes se essas obras não forem realizadas e lembra que o volume de investimentos é fruto de um empréstimo alocado pelo Estado junto ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento). As obras iriam beneficiar a zona urbana de capital, além de onze distritos rurais e ribeirinhos de Porto Velho.

Advertisement

COTAS 1%

O Município possui 3% das cotas da Caerd e, caso não queira quebrar o contrato de concessão corre até o risco de devolver o dinheiro alocado pela companhia para a realização das obras de água e esgoto, adquiridos junto ao BNDES. Atualmente, Porto Velho está na 98ª. Posição no ranking das cem piores cidades na qualidade do saneamento básico do País.

CONFIRA ABAIXO OS VALORES E DISTRITOS BENEFICIADOS:

Advertisement

 

Faça seu comentário

Compartilhe essa notícia!

Política

Vereador Fogaça leva demandas do residencial Cristal da Calama, Praça e campo do futebol no JK, à EMDUR

Hora 1 Rondônia

Publicado em

em

Compartilhe essa notícia!

Os pedidos de providência abrangem residencial Cristal da Calama, campo de futebol e praça do CEU, no JK

Porto Velho, RO – O vereador Everaldo Fogaça (Republicanos) esteve ontem na Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano (Emdur) e entregou ao presidente Gustavo Beltrame, alguns pedidos de providência para benefício das comunidades da zona leste da cidade. Os pedidos irão beneficiar moradores do residencial Cristal da Calama, e do bairro JK (campo de futebol e praça CEU), com serviço de iluminação pública.

“No Cristal da Calama, onde vivem quase 2,8 mil famílias, a questão principal é a recuperação do espaço de lazer do residencial. Muito utilizado pela comunidade, o espaço também é o único daquela região e um grande ponto de entretenimento entre as famílias que lá residem. Já no JK, o Centro de Artes e Esporte Unificado é outro espaço de lazer e um dos mais conhecidos da região para a prática esportiva”, disse o vereador.

Advertisement

Segundo o secretário da Emdur, o período chuvoso dificulta os trabalhos de recuperação da iluminação pública, pois ´eletricidade e água não combinam´, mas garantiu que estará deslocando as equipes para os locais pra realização dos levantamentos pertinentes, antes da assinatura da ordem de serviço nos locais solicitados.

RUA DA PRECE

Aproveitando a ida à Emdur, o vereador também verificou a situação da rua Prece, no bairro São Francisco, outro pedido de providência feito pelo vereador à municipalidade. “Todo o projeto de instalação dos pontos de luz já está realizado pela equipe técnica da secretaria. Só pedimos um pouco mais de paciência para que a Emdur inclua os serviços em seu cronograma”, disse o vereador.

Advertisement

 

Faça seu comentário
Advertisement

Compartilhe essa notícia!
Continuar Lendo...

Política

Presidente Alex Redano acolhe pedido para destinar recursos para construção de cozinha industrial na APA

Hora 1 Rondônia

Publicado em

em

Compartilhe essa notícia!

Espaço seria utilizado para oferecer cursos à comunidade, em parceria com a prefeitura de Ariquemes

Durante reunião, na tarde desta segunda-feira (24), com o presidente da Associação dos Pecuaristas de Ariquemes (APA), Antônio Duran, o presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), recebeu o pedido para que destinasse recursos para a construção de uma cozinha industrial nas dependências da APA. O espaço seria utilizado para oferecer cursos à comunidade, numa parceria com a prefeitura de Ariquemes.

“Recebi esse pedido e acho a iniciativa muito importante e terá o nosso apoio. Vamos buscar destinar um recurso da ordem de R$ 200 mil, para atender a essa finalidade. E a população de Ariquemes vai ganhar ainda um espaço adequado para a promoção de cursos na área da gastronomia”, destacou Redano.

A prefeita de Ariquemes, Carla Redano, os secretários municipais de Agricultura, Antônio Marcos, e de Meio Ambiente, Vilmar; além do presidente do Sindicato Rural, Dilermando, também participaram do encontro.

Advertisement

Durante a reunião, também foi tratada a volta da Expoari, em 2022, após dois anos suspensa em razão da pandemia. “A expectativa é grande para que a festa agropecuária possa ser realizada neste ano, após dois anos suspensa. Estamos à disposição para colaborar com a APA e o nosso gabinete está de portas abertas ao setor produtivo”, finalizou Redano.

Texto: Eranildo Costa Luna – ALE/RO

Foto: Assessoria

Advertisement
Faça seu comentário

Compartilhe essa notícia!
Continuar Lendo...

Política

Empenhada emenda de R$ 70 mil para compra de veículo para a saúde de Theobroma

Hora 1 Rondônia

Publicado em

em

Compartilhe essa notícia!

Recurso foi destinado pelo presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano, ao município

A saúde de Theobroma vai ganhar o reforço de um veículo, após o empenho de uma emenda destinada pelo presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), para esta finalidade.

Serão investidos R$ 70 mil na compra do automóvel, que vai ser utilizado no apoio às ações e nos trabalhos da pasta municipal. A expectativa é de que o recurso seja liberado após a assinatura de convênio entre a prefeitura e o Governo.

“A saúde é um setor que necessita de cada vez mais investimento e estamos contribuindo com Theobroma, destinando essa emenda para apoiar o fortalecimento da rede pública de saúde municipal”, disse Redano.

Advertisement

R$ 300 mil

No ano passado, Alex Redano garantiu ainda, junto ao Governo, a liberação de R$ 300 mil para as obras de recuperação das estradas vicinais de Theobroma. O deputado destacou a importância da melhoria nas vicinais. “Boas estradas garantem o escoamento da produção agropecuária, facilitando a comercialização dos produtos e garantindo mais lucros para os produtores. Uma estrada ruim, prejudica e muito o desenvolvimento do município”, completou.

Texto: Eranildo Costa Luna – ALE/RO

Advertisement

Foto: Diego Queiroz – ALE/RO

Faça seu comentário

Compartilhe essa notícia!
Continuar Lendo...
Advertisement

Em alta