Polícias seguem buscas pelo assassino em série Lázaro Barbosa

Ao longo da vida inteira, ele trabalhou em fazendas e conhece a região como poucas pessoas.

0
136

O 9º dia de buscas pelo assassino Lázaro Barbosa de Sousa, de 32 anos, começa com a notícia de que o suspeito de matar quatro pessoas de uma mesma família e protagonizar uma fuga jamais vista na história do Brasil segue vivo e foragido. Na quarta-feira (16), uma fake news rodou as redes sociais informando que o homem havia sido morto durante confronto com a polícia, mas as autoridades desmentiram a informação. Agora, os policiais demarcaram uma área de 10km onde acreditam que Lázaro esteja se escondendo. É nesta área onde as forças de segurança vão se empenhar na caçada desta quinta-feira (17).

A área de buscas foi demarcada entre as cidades de Edilândia e Girassol, no estado de Goiás, já bem perto do Distrito Federal. De acordo com o site Metrópoles, o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, informou que Lázaro Barbosa foi visto por um caseiro da região na tarde de terça-feira. “Lázaro foi visto há algumas horas, se movimentando nessa área”, informou o secretário. A polícia acredita que Lázaro se esconde de dia e procura alimentos durante a noite.

Procurado pelas polícias do DF e de Goiás

Cerca de 200 policiais fazem as buscas. Alguns dos homens estão à paisana para tentar capturar Lázaro de surpresa. Cães farejadores, três helicópteros e drones também ajudam os policiais na caçada ao criminoso. Por enquanto, Lázaro já conseguiu balear dois policiais em confrontos e segue conseguindo fugir.

Lázaro é procurado desde a quarta-feira da semana passada, dia 9, quando uma família foi morta na zona rural de Ceilândia, no DF. De acordo com os policiais, Lázaro se esconde em matas de chácaras, sítios e fazendas do entorno do Distrito Federal. A operação se dificulta pelo fato do criminoso ter nascido e se criado nesta região. Ao longo da vida inteira, ele trabalhou em fazendas e conhece a região como poucas pessoas.

Dormindo em árvores

Acredita-se que Lázaro é capaz de escalar árvores e passar a noite nesses lugares. Ele também conhece técnicas de camuflagem e, durante a fuga, chegou a esconder uma família embaixo de folhas para que os helicópteros não os avistassem. Felizmente, a polícia conseguiu chegar ao local e o criminoso fugiu.

Na terça-feira (15) e na quarta-feira (16), autoridades do DF e de Goiás disseram que prenderiam Lázaro até o final do dia, mas as duas promessas não se confirmaram. O governador do DF, Ibaneis Rocha, disse que o criminoso faz a polícia de “bobas”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here