Connect with us

Interior

Pedreiro que matou o próprio irmão a facada e escondeu corpo em fossa é condenado a mais de 7 anos de prisão em Vilhena

Hora1 Rondônia

Published

on

“Edinho” feriu o irmão com um único golpe no peito; corpo foi encontrado três dias após o crime

O pedreiro Edson Luiz da Silva Prado, de 43 anos, foi julgado hoje em Vilhena e condenado a mais de 7 anos de prisão por homicídio e ocultação de cadáver. Em 2019, “Edinho”, como o construtor é conhecido, assassinou o próprio irmão e depois atirou o corpo em uma fossa.

A vítima, Eleilton Dione da Silva Prado tinha 36 anos e trabalhava em uma fazenda. Seu corpo foi encontrado dentro do buraco somente três dias após o crime. Segundo a perícia, um único ferimento foi encontrado, no peito do lado esquerdo.

Preso alguns dias após o descobrimento do corpo, o pedreiro confessou o assassinato do próprio irmão e revelou à polícia aonde estava a arma do crime.

Os jurados entenderam haver provas cabais da autoria, tanto para o crime de homicídio quanto para o de ocultação de cadáver. Edinho, que já está preso desde a época dos fatos, foi condenado hoje a 7 anos, 8 meses e 12 dias de prisão.

Fonte: Folha do Sul

Dê a sua opinião!

Interior

LATROCÍNIO: Cabo do Exército que estava desaparecido é encontrado morto com tiros na cabeça e suspeitos são presos

Hora1 Rondônia

Published

on

O cabo do Exército Brasileiro, identificado como Carlos Cabixi de 24 anos, foi encontrado morto no final da tarde desta sexta-feira (26), após a prisão de dois suspeitos na zona rural do município de Guajará-Mirim, região de fronteiras entre Brasil e Bolívia.

A vítima estava desaparecida desde a última quarta-feira (24), quando teria deixado a esposa na faculdade e contou que iria se encontrar com alguns amigo e depois não foi mais visto. A Polícia recebeu a denúncia e desde então começou um trabalho de investigação conjunto da PM e PC e dois suspeitos acabaram sendo presos, um deles confessou o crime, contou que ele e o comparsa mataram a vítima para roubar a motocicleta e teriam atravessado o veículo para o país da Bolívia.

Os criminosos levaram os policiais até o local onde estava o corpo da vítima, quando chegaram constataram o crime se deparando com o corpo do militar já em avançado estado de putrefação. Durante a perícia foi possível perceber perfurações na cabeça da vítima. Após a finalização o corpo foi removido para o Instituto Médico Legal e os criminosos conduzidos para o presídio da cidade, onde ficaram à disposição da justiça.

Dê a sua opinião!

Continue Reading

Interior

ATUALIZADA: Polícia Civil identifica mulher que foi morta a pauladas e facadas em Ji-Paraná

Hora1 Rondônia

Published

on

Logo na madrugada desta sexta-feira (26), a Polícia Militar fez o registro de um crime de homicídio onde uma mulher foi morta com pauladas e facadas, sendo quase degolada na frente de uma distribuída de gás na Avenida Amazonas com Estrada Velha no bairro Primavera, 2º distrito do município de Ji-Paraná.

A vítima foi identificada como sendo Beatriz Vanessa da Silva, 41 anos, a qual tinha problemas com drogas segundo as investigações apuradas pela equipe da Polícia Civil da cidade. O crime pode esta relacionado a um possível acerto de contas.

Dê a sua opinião!

Continue Reading

Interior

VIOLÊNCIA SEM TRÉGUA: Mulher é barbaramente degolada após ter sido agredida a pauladas em Ji-Paraná

Hora1 Rondônia

Published

on

Uma mulher até o momento identificada apenas como “Bia”, de aproximadamente 30 anos, foi barbaramente assassinada com requintes de crueldade após ter sido agredida a pauladas e depois degolada no meia da rua da Estrada Velha, no Bairro Primavera, 2º distrito do município de Ji-Paraná, interior do Estado de Rondônia.

A Polícia Militar do 4º batalhão foi acionada para atender a ocorrência de homicídio, pois havia uma mulher morta na frente de uma casa e assim que chegou os policiais constataram que a vítima estava degolada e solicitaram a perícia criminal para fazer os trabalhos necessários, onde o perito verificou que a vítima além de esta degolada haviam outras marcas de violência pelo corpo como se tivesse sido agredida a pauladas, sendo encontrado próximo do cadáver pedaços de madeira.

A mulher segundo relatos de testemunhas, estava sentada na frente de uma distribuidora de gás quando foi atacada por um homem a pauladas e quando a mulher desmaiou ele com uma faca desferiu várias facadas no pescoço da mulher quando degolando. Após a perícia o corpo foi liberado para a funerária de Plantão fazer a remoção. A Polícia Civil da homicídio segue com as investigações e não descartam um possível acerto de contas motivado por dívidas de drogas.

Dê a sua opinião!

Continue Reading

Em alta

Mais lidas