Connect with us

Geral

Pai mata acidentalmente filho de dois anos durante manobra de carro

Hora1 Rondônia

Published

on

Acidente aconteceu numa propriedade privada pertencente à família na França

Um pai atropelou acidentalmente o filho de dois anos, este sábado (11), em Thizy-les-Bourgs, perto de Lyon, França.

O acidente aconteceu na propriedade privada da família, onde está sendo construída uma casa.

O pai, ao volante do seu veículo, não viu a criança, de dois anos de idade, durante uma manobra realizada no local e acabou por atingi-la.

“Estamos provavelmente perante um caso acidental, tendo em conta os elementos iniciais à nossa disposição”, disse o Ministério Público de Villefranche-sur-Saône.

Segundo o Le Parisien, o pai teria sido hospitalizado para receber apoio psicológico.

 

Dê a sua opinião!

Geral

Advogado pede cancelamento do show de Gusttavo Lima em Porto Velho

Hora1 Rondônia

Published

on

O advogado Dr Caetano Neto, encaminhou ao Ministério Público de Rondônia na última segunda-feira (29/11), o pedido de cancelamento do Show do Gustavo Lima, marcado para acontecer na próxima sexta-feira (03/12), no Estádio Aluízio Ferreira, em Porto Velho.

O Dr Caetano Neto, é presidente da Associação de Defesa dos Direitos da Cidadania em Rondônia. Segundo ele o pedido tem caráter de urgência, pois a eminência de colapso na saúde da capital. Novos casos de Covid-19, fizeram o município retroceder nas medidas preventivas.

“As medidas sanitárias em vigor no que tange ao combate da Covid-19 e agora, com a chegada da variante Omicron, bem como, a revogação do decreto municipal de Hildon Chaves que impõe a obrigatoriedade de uso de máscara em locais abertos, e ainda, em face da aglomeração anunciada, de milhares de pessoas no evento, torna obrigatório a urgente medida para evitar o recrudescimento da doença e a evidência anunciada de colapso do sistema de saúde na capital o que espera providências”, explicou o Dr Caetano.

Fonte: Portal de Rondônia

Dê a sua opinião!

Continue Reading

Geral

Polícia Penal de Rondônia recebe novos armamentos para atuar em missões do Sistema Penitenciário

Hora1 Rondônia

Published

on

A fim de cumprir com eficiência as missões constitucionais e garantir a segurança de policiais penais do Sistema Penitenciário do Estado, o Governo de Rondônia entregou na terça-feira (30) para a Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), 852 pistolas calibre nove milímetros semiautomática, para os profissionais que trabalham com escoltas, capturas, fiscalizações de apenados, e segurança nas unidades prisionais do Estado.

O governador Marcos Rocha pontuou que “esta entrega é um reflexo do trabalho realizado pela Sejus e todo o engajamento do Governo de Rondônia. Há anos, não havia dinheiro para as coisas básicas na segurança do Estado. Hoje, a Sejus tem sido uma referência quando falamos do trabalho realizado por esses policiais. É a valorização não só da segurança da sociedade, mas também destes servidores”.

O secretário da Justiça, Marcus Rito, explica que, “o intuito principal desta aquisição tem a necessidade, não só de aumentar o acervo bélico da Sejus, mas também do acautelamento ao policial penal na sua segurança pessoal, já que este cargo expõe o servidor a grandes riscos contra sua integridade física e de seus parceiros”.

Governador Marcos Rocha comentou que a Sejus tem sido uma referência 

Marcus Rito ainda destacou que fornecer equipamentos de proteção e segurança ao Sistema Penitenciário de Rondônia, a sociedade espera que o Estado, por meio dos policiais penais, desempenhem seu papel nas unidades prisionais nas missões de custódia e ressocialização.

Para o deputado Anderson Pereira, a aquisição é um marco no Estado. Ele relembrou momentos em que observou a necessidade de investimento por parte deste setor. “Eu confio que investir na segurança e principalmente na execução das missões policiais, garante uma confiança dos servidores e da sociedade”, destacou.

Também estiveram presentes à entrega, o gestor da Superintendência Estadual da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel), Jobson Bandeira, e o diretor-geral do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transportes (DER), Elias Rezende.

Ambos comentaram sobre o contraste da precarização do serviço público há anos, quanto à segurança estadual. Ainda reforçaram que o cenário atual para os policiais penais é de valorização, proteção e segurança como eixos do trabalho realizado pelo Estado.

Os novos armamentos serão usados nas seguintes situações:

  • escoltas externas (cartórios, atendimentos de saúde, recambiamento de apenados e entre outras escoltas externas);
  • escoltas hospitalares;
  • escoltas em fóruns, atendendo demandas judiciais;
  • recaptura de apenados foragidos;
  • Fiscalização de apenados monitorados;
  • segurança das unidades prisionais e
  • arma secundária do policial penal.

O investimento total é de R$ 1.704.000,00 (um milhão, setecentos e quatro mil reais), sendo o valor de R$ 1.004.000,00 (um milhão, e quatro mil reais) do Fundo Penitenciário (Fupen) e emenda parlamentar do deputado estadual Anderson Pereira, no valor de R$ 700 mil.

OUTRAS AÇÕES 

Em janeiro deste ano, foram entregues cerca de 50 veículos, entre caminhonetes, furgões e ônibus-cela para atender a força policial penal;

Em março de 2021, houve a entrega de 25 viaturas administrativas, quatro viaturas tipo furgão e mais de 40 capacetes balísticos ao Grupo de Ações Penitenciárias Especiais (Gape) e

Em setembro de 2021, o Governo de Rondônia entregou mais de 240 armamentos, tipo espingarda, para atender a unidades prisionais do Estado.

 

 

Fonte
Texto: João Antônio Alves e Vanessa Moura
Fotos: Frank Néry
Secom – Governo de Rondônia

Dê a sua opinião!

Continue Reading

Geral

COMO PODE?: Antes do show do Gustavo Lima em Porto Velho está liberado o covid19, depois você se preocupa

Hora1 Rondônia

Published

on

A prefeitura de Porto Velho ainda está revendo a situação de um possível cancelamento das festas de réveillon e o carnaval de 2022, devido ao aumento de casos de uma nova variante do coronavírus a “ômicron”. A superintendência de comunicação confirmou que a inauguração da decoração de Natal da cidade no complexo da praça da Estrada de Ferro Madeira Mamoré, acontecerá no próximo dia 05, sendo obrigatório o uso de mascaras.

No entanto, no próximo dia 03 acontecerá um show nacional no Estádio Aluísio Ferreira em Porto Velho, onde não se ouviu falar com relação as normas de segurança, sobre a aglomeração e uso de máscaras. Será que o vírus só vai aparecer depois desse show? Por que nossas autoridades não se pronunciaram com relação ao evento? Pois até onde sabemos, o Campeonato Rondoniense de futebol foi suspenso por conta das aglomerações de torcedores no estádio, claro, que temos que seguir com as normas do decreto, mas por que não impedir o show do cantor Gustavo Lima que acontecerá no mesmo estádio?

Após o fim do show quem sabe deve surgir novos casos de coronavírus, para lotar os hospitais de campanha e depois nossas autoridades podem aparecer para dá justificativas e dizer que as pessoas, não estão tomando os cuidados devidos, não usando máscaras, não mantendo o distanciamento social e outros fatores que foram fundamentais para que os contaminados pudessem ter contraído a doença. Como sempre nossos governantes municipais não então nem um pouco se importando com a saúde do povo.

Até quando temos que nos manter calados, com tamanho descaso por parte de nossos políticos com a saúde do povo? Por que o Hospital João Paulo II, continua como se nada tivesse acontecido, com superlotação, pacientes jogados no chão, salas criadas para atender pessoas infectadas pelo Covi19 e nosso secretário de saúde do estado, Fernando Máximos, diz que está tudo bem, que nada está faltando, mas não é o que parece ser, basta está na porta da frente de emergência para ver os pacientes jogados no chão por falta de macas.

Não esquecendo que os profissionais da saúde e ex funcionários emergências que trabalharam por toda pandemia foram mandados embora, por que estava tendo muitos gatos, sendo que nem se quer nossos governantes tiveram a preocupação que esse vírus pudesse voltar a fazer novas vítimas e assim mais uma vez causar pânicos nas pessoas. Vamos aguardar um parecer das nossas autoridades depois do show do cantor Nacional Gustavo Lima e sobre as festividades de final de ano.

Dê a sua opinião!

Continue Reading

Em alta

Mais lidas