MAIS UMA DERROTA: José Aldo não resiste e perde luta para o russo Petr Yan

Com o revés, Aldo, perdeu a chance de ser campeão peso-galo no UFC 251

1
399
O lutador brasileiro, José Aldo, perdeu a chance de ser campeão peso-galo, no UFC de número 251, para o russo Petr Yan, ontem (11), em Abu Dhabi, no Emirados Árabes Unidos. O duelo aconteceu fora dos Estados Unidos porque cidadãos do Brasil e da Rússia estão com restrições de entrar em solo estadunidense por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Apesar de ter feito uma boa apresentação dentro do octógono, Aldo, acabou abrindo espaço para que o adversário pudesse dominar a luta ao seu favor. Desta forma, acabou perdendo por nocaute técnico. Yan foi mais assertivo nos volumes de golpe desferidos ao longo do confronto.

Logo aos 10 segundos do quinto round, Aldo levou dois socos na cabeça que o desestabilizou e facilitou a vida de Yan. Após derrubar o brasileiro, o russo engatou mais 57 golpes na cabeça em pouco menos de três minutos, totalizando 59 socos na região. Além disso, foram outros três no corpo do ex-campeão dos penas.

A quantidade de golpes fez com que Dana White se irritasse com a demora de Leon Roberts para parar a luta e decretar o nocaute. “Horrível, horrível interrupção do árbitro. Isso deveria ter acontecido muito antes. Pelo jeito, temos que reforçar nossos árbitros e jurados aqui na Ilha da Luta”, disse ao “MMA Junkie”. Sem reação depois dos golpes sofridos, Aldo terminou o último round com apenas um golpe desferido: um chute na perna de Petr Yan. O revés impediu que Aldo conquistasse o título em sua nova categoria. Agora, ele soma duas derrotas e nenhuma vitória na divisão dos galos do UFC.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here