Homem de 59 anos é morto a pauladas e tem parte do corpo queimado em Vilhena

Suspeito de praticar assassinado foi preso pela polícia

0
337

O homicídio foi registrado na madrugada desta quinta-feira, 02 de Março, na linha 135, próximo do residencial União, em Vilhena.

Policiais militares foram acionados a comparecer no local onde havia acabado de ser encontrado um cadáver e diante disto, radiopatrulhas foram designadas a comparecerem no endereço.

No local, os policiais encontraram o cadáver de Agenor dos Santos, de 59 anos, que apresentava afundamento de crânio, possivelmente oriundo de pauladas, bem como marcas de queimaduras na barriga, costas e nádegas; o que indica que, após ser morto, o homicida tentou incendiar o corpo.

Uma testemunha contou a polícia que presenciou a execução e que Agenor teria passado a madrugada ingerindo bebidas alcoólicas com o acusa W.S.E de 20 anos, e que em dado momento houve uma discussão entre as partes.

Abordado e preso pela PM, o suspeito afirmou não ter sido ele quem executou a vítima, contudo, ele acabou preso em flagrante e apresentado na Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP) para os procedimentos cabíveis, onde o mesmo deverá se explicar ao delegado de plantão.

A área da execução foi isolada até conclusão de perícia por parte da Polícia Técnico-Científica (POLITEC) e após isto, o corpo foi liberado para funerária de plantão.

Agenor faria 60 anos neste mês de abril e agora, a Polícia Civil tenta elucidar o crime e descobrir a real motivação para a morte cruel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here