Connect with us

Interior

Governo de Rondônia inaugura novo Centro de Recuperação para dependentes químicos em Espigão do Oeste

Publicado em:

on

A estrutura precária e pequena de antes do Centro de Recuperação Vida e Luz, em Espigão do Oeste, deu lugar a um amplo e organizado espaço, mais adequado para assistência a dependentes químicos. A inauguração da nova construção foi realizada na quinta-feira (22). A obra faz parte de uma parceria celebrada com o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), e a entidade mediante o Termo de Fomento.

“Agradeço a Deus por nos dar condições de inaugurar este lugar, que vai ajudar pessoas a transformarem suas vidas. Existem muitas pessoas precisando de ajuda, em vários ambientes. Muitas até escondem que estão passando por essa situação e, unidos, vamos conseguir ajudar. É preciso ter amor ao próximo. Fico feliz de entregar várias obras no nosso Estado como essa de apoio social aos rondonienses. Pegamos o Estado sem orçamento para investimentos, nos planejamos e agora temos uma economia equilibrada para usar os recursos públicos em benefício da população”, pontuou o governador Marcos Rocha.

Para o secretário adjunto da Sesau, Nélio Santos, o Centro representa a oportunidade de resgatar sonhos e vidas destruídas pela dependência química. “Essa obra é resultado da orientação que a Sesau recebeu do governador Marcos Rocha para fazer acontecer todas as ações que ajudem a população. Ver o trabalho que é feito aqui no Centro de Recuperação, renova nossas forças”, enfatiza.

Agora, a entidade filantrópica possui uma estrutura com capacidade para atender 52 pessoas. São 13 quartos, cozinhas, auditório, refeitório, salas administrativas e campo gramado de futebol.

No local, os acolhidos recebem tratamento médico, psiquiátrico, apoio psicológico e também participam de reuniões em grupo, sessões de terapia ocupacional e atividades de lazer e ainda têm acesso a cursos profissionalizantes e aconselhamento pastoral

Ao todo, o Governo de Rondônia investiu R$ 800 mil na ampliação e reforma completa do Centro Vida e Luz, por meio de emenda parlamentar do deputado Maurão de Carvalho. Toda a reestruturação da unidade de recuperação contou ainda com a parceria da iniciativa privada.

O proprietário de uma das maiores indústrias de bicicleta do Brasil, Eugênio Odilon Ribeiro falou da importância da união entre o Poder Público e a iniciativa privada em prol de causas comuns pelo bem da comunidade. “É algo muito importante. Porque a iniciativa privada tem mais liberdade, mais agilidade nas ações. Então, quando surge essa parceria público-privada, com uma gestão boa, a coisa explode e vai muito bem. Como esse resultado que nós temos aqui, que é o Centro Vida e Luz. Era só um barraco e hoje nós temos essa estrutura sendo inaugurada”, destacou.

VIDAS TRANSFORMADAS

Trabalho que segundo o presidente do Centro, pastor Deoclécio Moreira, já transformou dezenas de vidas. Casos que marcaram a trajetória de 12 anos de existência da entidade. “Só olhando para o passado, para compreendermos o momento que estamos vivendo. Começamos com uma casa de apoio que recolhia moradores de rua e aí transformamos em Centro de Recuperação, para dar a oportunidade das pessoas mudarem de vida”, explicou.

De acordo com o pastor, a luta era por uma estrutura que atendesse as exigências em saúde e agora, com a parceria do Governo de Rondônia e de uma empresa privada, foi possível alcançar esse feito. “A estrutura que tínhamos antes não era compatível com as exigências em saúde e isso inviabilizava até fazer parcerias para fortalecer o nosso trabalho. Agora sim, estamos com tudo de acordo com a lei, graças a Deus”, afirma o pastor Deoclécio.

O pastor explicou ainda que muitos daqueles que são acolhidos pelo Centro são rejeitados pela sociedade. Pessoas desacreditadas até pelos próprios familiares e que têm dificuldade de recomeçar sozinhas. “Essas pessoas estão cansadas da vida que estavam levando. Lembro de um caso de um rapaz que chegou chorando, estava há três dias com fome!  Conseguimos ajudá-lo, se recuperou, casou, teve filhos e hoje é um homem trabalhador”, conta.

Histórias como esta se repetem diariamente. Enoque Carmos Nunes, de 40 anos, procurou o Centro de Recuperação Vida e Luz em 2018, mas naquela oportunidade não deu sequência ao tratamento e voltou ao mundo das drogas. Contudo, em outubro de 2020, ele conta que sentiu no coração que era hora de mudar de vida e voltou ao Centro.

“Eu voltei e concluí o tratamento em junho deste ano. Agora continuo aqui como monitor, porque eu também quero fazer a diferença na vida das pessoas. Neste tempo em que eu fiquei aqui no Centro, eu recuperei algo que jamais pensei que pudesse recuperar. Eu voltei a sonhar”, relata Enoque.

Com experiência em metalurgia, ao longo das obras no Centro Vida e Luz, ele também colocou a mão na massa e hoje comemora as melhorias conquistadas. “Era tudo de madeira e hoje é tudo no concreto. Temos um espaço maior, mais estruturado. Isso ajuda muito na recuperação, um espaço mais acolhedor, aconchegante. Para mim, que muitas vezes fiquei dormindo e vagando pelas ruas, agora tenho a oportunidade de dormir num quarto com ar condicionado”, fala emocionado.

Na unidade, a mente condicionada aos velhos hábitos ganha um novo entendimento. “Eles chegam ao fundo do poço e, em cerca de três meses, percebemos mudanças significativas. Vão deixando os velhos costumes! É o que o apóstolo Paulo chama de destruição das fortalezas, que são os obstáculos que os paralisaram. Nós ajudamos a superar tudo isso”, completa o pastor Deoclécio.

“Este é um Governo comprometido com todas as cidades. O Executivo Estadual tem investido nas mais diversas áreas, se colocando como parceiro dos municípios, buscando sempre o bem para todos os rondonienses”, finaliza o secretário Regional do Governo em Cacoal, José Moura.

Estiveram presentes à solenidade de inauguração do Centro, os deputados estaduais, Cirone Deiró e Luizinho Goebel, líder do Governo na Assembleia Legislativa (ALE), os prefeitos de Espigão do Oeste, Wellington Pereira Campos, e de Vilhena, Eduardo Japonês.

 

Fonte
Texto: Giliane Perin e Vanessa Moura
Fotos: Ésio Mendes
Secom – Governo de Rondônia

Faça um comentário

Interior

FATALIDADE: Jovem motociclista morreu tragicamente após ter o corpo esmagado por caminhão

Publicado em:

on

Logo nas primeiras horas da tarde desta quarta feira,(22), a Polícia Rodoviária Federal registrou um grave acidente de trânsito fatal, onde um jovem identificado como Pablo Santana, 22 anos, morreu tragicamente após ter o corpo esmagado por um caminhão boiadeiro na marginal da BR-364, na entrada da Avenida das Mangueiras, Bairro Vista Alegre no município de Cacoal.

Com base as informações de testemunhas, o caminhão boiadeiro e o jovem motociclista seguiam no mesmo sentido, quando ao chegar no referido local o motorista do caminhão boiadeiro abriu um pouco para realizar a conversão, momento em que o motocicleta provavelmente não imaginava que o caminhão retornaria para a direita e o caminhão acabou passando sobre o corpo da vítima.

Uma Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros chegou com brevidade no local, porém, o jovem já estava sem vida. Uma equipe da Polícia Militar chegou ao local antes da PRF para controlar o tráfego de veículos no local, contendo populares e preservando a área do crime para a realização dos trabalhos da Polícia Técnica.

Após os trabalhos periciais o corpo foi liberado para a funerária de plantão. O motorista do caminhão foi convidado a fazer o teste do bafômetro para fazer a confecção do boletim de ocorrência.

Com informações do site Plantão Central

Faça um comentário

Continue lendo...

Interior

Jovem é executado com tiros após defender a mãe de briga em forró em Ariquemes

Publicado em:

on

Um jovem identificado como Willian dos Santos Vieira, 20 anos, foi executado com vários tiros de pistola na madrugada desta segunda-feira (20), na frente de um bar na Vila do Chapadão, localizado na rua principal do garimpo Bom Futuro, distrito que pertence à comarca de Ariquemes, região do Vale do Jamari.

De acordo com informações transcritas pelos policiais no boletim de ocorrência, a mãe da vítima se envolveu em uma briga dentro de um forró com a namorada do assassinado e logo os segurança colocaram as duas para fora do recinto, sendo que a confusão continuo e Willian tentou separar a briga e o suspeito tomou as dores e travou luta com a vítima.

Depois de serem separados o suspeito saiu na companhia de outros dois elementos e depois de alguns minutos, eles retornaram e o suspeito identificado como Simon de posse de uma pistola efetuou vários tiros contra a vítima que foi atingida, caiu ao solo, agonizou até a morte e na sequência os suspeitos fugiram do local tomando rumo ignorado.

A Polícia Militar recebeu a denúncia e após chegar no local puderam constar o crime de homicídio e solicitaram a perícia e a funerária de Plantão para fazer os trabalhos necessários. Os policiais durante diligências prenderam Simon, onde ele confessou o crime e disse que jogou a arma dentro do rio Baté. Diante dos fatos ele recebeu voz de prisão e foi levado para Unisp de Ariquemes e o corpo removido pela funerária.

Faça um comentário

Continue lendo...

Interior

Homem que matou tio a facadas e construiu churrasqueira sobre o corpo para encobrir o crime é condenado a 17 anos de prisão

Publicado em:

on

Além de concretar a cova, assassino também fez festa no local

Foi levado a júri popular nesta sexta-feira, 17, em Vilhena, o autor de um dos crimes mais bárbaros já registrados na cidade: com 28 anos na época, Jhon Rodrigues do Nascimento assumiu ter matado o próprio tio, Nilton César Santos do Nascimento, de 44 anos, a facadas. O detalhe macabro é que, após o homicídio, dois anos atrás, o assassino enterrou o corpo no quintal, concretou a cova, e construiu uma churrasqueira por cima.

Para justificar a construção de uma churrasqueira no quintal, sob a qual o corpo de Nilton foi encontrado pela Polícia Civil, o sobrinho alegou que iria pedir a companheira em casamento e que queria realizar uma celebração familiar no local. Celebração esta que, de fato, ocorreu sobre o corpo de Nilton.

Ao dar detalhes da crueldade praticada no final do mês de agosto de 2020, o delegado regional da Polícia Civil em Vilhena, Fábio Henrique Campos revelou que o ex-cabeleireiro foi morto pelo familiar com uma facada nas costas e três na região da garganta.

O JURI
Durou quase sete horas a sessão do Tribunal do Júri que analisou a conduta de John Rodrigues do Nascimento, que foi condenado como pedia a denúncia, por homicídio qualificado por motivo fútil e ocultação de cadáver.

Na sentença, a juíza Liliane Pegoraro Bilharva, que presidiu o Tribunal do Júri, enfatizou: “em relação à ocultação de cadáver, também são graves, pois o acusado não só ocultou o corpo da vítima. Além de fazer isto,  construiu uma churrasqueira em cima do local e, depois disso, fez um churrasco com familiares”.

Pelo assassinato, John foi condenado a 15 anos e seis meses de reclusão; e pelo crime de ocultação de cadáver mais 1 anos e seis meses. A magistrada aplicou a regra do concurso material e somou as penas. Dessa forma, o acusado teve a pena dosada em 17 anos de prisão em regime fechado. A juíza negou ao réu o direito de recorrer em

Fonte: Folha do Sul

Faça um comentário

Continue lendo...

Em alta