Ex-vereador é condenado a 107 anos de prisão por estuprar duas enteadas

Mãe das jovens sabia que filhas eram abusadas pelo marido. Ela foi condenada a 67 anos e oito meses pela Justiça.

0
204

Um ex-vereador de São João da Baliza, município ao Sul de Roraima, foi condenado pela Justiça a 107 anos de prisão por estuprar as duas enteadas. A mãe das vítimas também foi condenada a 67 anos e oito meses por ter conhecimento dos abusos.

O ex-vereador está preso em Rondônia e a mãe na Cadeia Pública de Boa Vista, informou o Ministério Público de Roraima (MPRR) nesta segunda-feira (2). O caso foi julgado na comarca de São Luiz.

De acordo com o MPRR, os estupros ocorreram durante seis anos. Uma das vítimas foi submetida aos abusos quando ainda tinha 11 anos. As agressões se intensificaram quando a jovem atingiu 14 anos.

Em depoimento, as vítimas disseram que os estupros se tornaram diários, ficando cada vez mais violentos e que a mãe sabia que seu companheiro abusava das duas. Atualmente as jovens têm 18 e 20 anos.

A irmã mais velha chegou a se submeter diversas vezes aos abusos para defender a mais jovem.

Em depoimento à polícia, a jovem de 20 anos contou que era abusada desde os 14 anos, que engravidou três vezes, com 13, 15 e 19 anos, e o padrasto lhe dava remédios e chás abortivos. A irmã de 18 anos também foi obrigada a abortar após ser abusada.

Por conta dos abusos, que estavam se tornando diários, as irmãs fugiram juntas para Boa Vista, onde foram localizadas pelas polícias Militar e Civil, e encaminhadas à Delegacia de Defesa da Mulher (Deam).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here