Ex presidiário é morto a tiros e tem o corpo desovado próximo de fazenda invadia pela LCP

A vítima tinha passagens pelo sistema prisional da capital...

0
284

Um crime de homicídio aconteceu na tarde de sábado (29), tendo como vista um ex presidiário identificado como Ediel Rosa, 35 anos em uma fazenda que havia sido invadida pela Liga dos Camponeses Pobres “LCP”, próximo do acampamento Tiago dos Santos na região de Rural de Nova Mutum Paraná em Porto Velho.

De acordo com base as informações transcritas no boletim de ocorrência são de que a vítima mexia com grilagem de terras e teria sido morto pelos próprios companheiro e teria tido o corpo desovado longe da área onde os invasores estão acampados. Alguém que passava pelo local viu o corpo e acionou a Polícia Militar.

Devido o local ser de risco para os militares foi necessário quatro viaturas da Força tática, a perícia e o rabecão para fazer a remoção do corpo do homem que já estava em putrefação. A Polícia civil da delegacia especializada em crimes contra a vida já segue com as investigações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here