Connect with us

Brasil

Brasil é o país com maior número de vítimas de phishing na internet

Publicado em:

on

Em 2020, o Brasil foi o país mais atingido por tentativas de roubo de dados pessoais ou financeiros de pessoas na internet, prática denominada em inglês de phishing. Com essas informações, golpistas prejudicam a vítima de diversas formas, seja acessando recursos ou enganando pessoas se fazendo passar por ela.

O percentual de usuários brasileiros que tentou abrir pelo menos uma vez links enviados para roubar dados representa 19,9% dos internautas do país. Em segundo lugar no ranking de países vem Portugal (19,7%), seguido da França (17,9%), Tunísia (17,6%), de Camarões (17,3%) e da Venezuela (16,8%).

O levantamento foi feito pela empresa de segurança da informação Kaspersky sobre práticas de phishing e spam no mundo. De acordo com a companhia, entre fevereiro e março do ano passado, o número de ataques cresceu 120% no Brasil.

Os golpes foram aplicados por meio de links em mensagens ou sites falsos, que se passam por empreendimentos conhecidos, como grandes cadeias de varejo online – Amazon e outras.

Os exemplos mais comuns foram golpes em que os criminosos enviaram mensagens se passando por essas lojas e pedindo para a vítima contactar as áreas de comunicação com o cliente ou de suporte, com sistemas para roubar dados dos usuários acionados.

Aplicativos de comunicação, especialmente o Whatsapp, tornaram-se os principais canais para aplicar esses golpes. Usuários receberam mensagens com promessas de prêmios com links que levavam a sites falsos destinados a roubar informações da vítima.

Pandemia

O contexto da pandemia também levou golpistas a enviar falsas pesquisas ou mensagens anunciando prêmios ou ajuda financeira a pequenas e médias empresas.

No Brasil, as tentativas de golpe envolveram diversos aspectos relacionados à pandemia, como o requerimento do auxílio emergencial do governo federal, o cadastro para receber a vacina e o uso do recém lançado sistema PIX.

“Apesar do alto índice, vale destacar uma queda importante em relação a 2019. Naquele ano, mais de 30% dos brasileiros haviam tentado, ao menos uma vez, abrir um link que levava a uma página de phishing, dez pontos percentuais a mais do que em 2020. Isso mostra que as campanhas e alertas sobre esse tipo de golpe têm deixado as pessoas mais atentas, mas não significa que não precisamos evoluir, pois as estatísticas permanecem muito ruins”, avalia Fabio Assolini, analista sênior de segurança da Kaspersky no Brasil.

Outro método empregado pelos golpistas foi a chantagem contra usuários. Esta pode ocorrer com ameaças de liberação de determinados dados ou de uma suposta gravação da vítima com algum comportamento cuja revelação poderia trazer impactos a sua imagem, como assistir vídeos com pornografia.

O relatório registrou casos de chantagem contra empresas também. Os golpistas exigiam pagamentos sob a ameaça de realizar ataques de negação de serviço (DDoS), indicando que teriam informações confidenciais ou estratégicas das empresas.

Os alvos mais frequentes dos ataques foram as lojas online, com 18,12%. Elas foram seguidas por portais globais de internet (15,9%), bancos (10,7%), redes sociais e blogs (10%) e sistemas de pagamento (8,4%).

Spam

O relatório também analisou a prática de envio de mensagens em massa, conhecida como spam. Em 2020, este tipo de envio representou 50% do tráfego de e-mails. O resultado, no entanto, indica queda de 6.14 pontos percentuais em relação a 2019. No total, foram enviados 183,4 milhões de anexos maliciosos no ano passado.

O país que mais enviou spams foi a Rússia, com 21,27%. Em seguida vêm Estados Unidos (10,47%), Alemanha (10,97%) e China (6,21%). O Brasil foi responsável por 3,26% de ataques do tipo.

Cuidados

Para evitar cair nestes golpes é importante tomar alguns cuidados. O mais importante é evitar clicar em links de mensagens de e-mail, SMS ou redes sociais de pessoas ou organizações desconhecidas.

Caso vá clicar em algum link, é importante conferir o site para onde está sendo direcionado. Caso não tenha certeza de que o site é seguro, o aconselhável é não inserir informações pessoais, especialmente financeiras – número de cartão de crédito, por exemplo.

Edição: Denise Griesinger

Faça um comentário

Brasil

TRIBUNAL DO CRIME: Comando Vermelho invade casa para cobrar “dívida” e mata homem com tiros na cabeça

Publicado em:

on

Três bandidos renderam José Aparecido Martins de Souza quando ele saía para trabalhar, o colocaram dentro de um carro e deram três tiros em sua cabeça.

 

José Aparecido Martins de Souza, 43, foi assassinado por membros do Comando Vermelho, na madrugada de quinta-feira (23), quando saía de casa para trabalhar, no município de Marcelândia (710 km de Cuiabá). Três bandidos renderam José, o colocaram dentro de um carro e deram três tiros em sua cabeça.

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada por volta das 4h50, com a informação de que um homem havia sido baleado e estava agonizado no meio da rua.

No local, os policiais encontraram o corpo do homem caído na calçada. Uma ambulância do hospital Maria Zélia foi acionada e constataram a morte de José.

Testemunhas relataram que estavam na casa de José, quando ele acordou para trabalhar, por volta das 4h30. Logo que o homem saiu da casa, foi rendido por três bandidos.

Os criminosos apontaram uma arma para a vítima e pediram para as testemunhas abaixarem a cabeça para não verem seus rostos. Os bandidos perguntaram a todo o momento “onde estava escondida a droga”.

Afirmavam ainda que eram membros do Comando Vermelho e estavam ali para cobrar a vítima.

Logo depois, colocaram José dentro do carro e deram uma volta na quadra. Eles deram três tiros na cabeça do homem, o deixaram jogado na calçada e fugiram do local.

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foi acionada no local e deu início aos trabalhos de investigação.

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) para o exame de necropsia. O caso será investigado pela Polícia Civil.

 

 

FONTE: REPÓRTER MT

Faça um comentário

Continue lendo...

Brasil

FORA DE CONTROLE: Homem invade casa, atira contra ex e faz filhos reféns

Publicado em:

on

Ocorrência foi registrada na manhã desta sexta-feira (24) no bairro Jardim Industrial, em Alta Floresta, onde foram 6 horas de negociação até o acusado ser preso.

Um homem, nome não divulgado, ‘quebrou’ medida protetiva, invadiu a casa da ex-mulher, 39 anos, atirou contra a vítima e manteve os dois filhos, 2 e 12 anos, em cárcere privado sob a mira da pistola .380 na manhã desta sexta-feira (24) no bairro Jardim Industrial, em Alta Floresta (803 km da Capital).

De acordo com a ocorrência, a Delegacia de Polícia Civil foi acionada para atender o caso. Porém, quando o acusado percebeu a presença dos policiais começou a atirar e atingiu a ex, que foi liberada pele bandido, recebeu atendimento de emergência do Corpo de Bombeiros e foi encaminhada ao hospital.

Não há informações sobre o atual estado de saúde da vítima.

Ainda assim, o acusado ficou com os dois filhos no imóvel dificultando as negociações, resistindo e colocando a vida das crianças em risco, já que as usava como refém.

Ao passar de duas horas, o homem soltou o filho mais novo e continuou com o maior junto a ele, que por várias vezes alternava com a pistola aponta ora para a criança, ora para a própria cabeça afirmando que iria se matar.

Mais quatro horas de negociação, o invasor deixou o filho sozinho para ir ao banheiro. Momento em que a Força Tática conseguiu entrar na casa e resgatar o outro menino.

Ao perceber que tinha perdido os reféns e estava cercado, o bandido entregou a arma e se rendeu.

Ele foi algemado, colocado na viatura e levado para delegacia, onde foi ouvido pelo delegado de plantão, autuado em flagrante por tentativa de homicídio, cárcere privado, desobedecer à ordem judicial e colocado à disposição da Justiça.

 

FONTE: REPÓRTER MT

Faça um comentário

Continue lendo...

Brasil

Trecho da BR-319 é interditado após crateras se abrirem; veja vídeos

Publicado em:

on

Amazonas – Na manhã desta sexta-feira (24), a BR-319, rodovia que liga Manaus a Porto Velho, foi interditada após uma forte chuva causar  uma erosão, provocando o desabamento da pista. As crateras se abriram na altura do quilômetro 118 e assustou quem trafegava pela via.

No entanto, de acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), a situação será logo resolvida pois a empresa que realiza manutenção da BR já está em deslocamento.

Veja vídeos:

Faça um comentário

Continue lendo...

Em alta