Connect with us

Política

Bolsonaro diz que determinará redução da bandeira tarifária na luz a partir de novembro

Hora1 Rondônia

Published

on

Brasil – O presidente Jair Bolsonaro afirmou na noite desta quinta-feira (14) que determinará ao Ministério de Minas e Energia (MME) que altere a bandeira tarifária de energia elétrica para rebaixá-la a um valor menor a partir do mês que vem. A declaração foi feita durante discurso na Conferência Global Millenium, um evento que reúne igrejas evangélicas.

“Estávamos na iminência de um colapso. Não podíamos transmitir pânico à sociedade. Dói a gente autorizar o ministro Bento [Albuquerque], das Minas e Energia, a decretar a bandeira vermelha. Dói no coração, sabemos da dificuldade da energia elétrica. Vou determinar que ele volte à bandeira normal a partir do mês que vem”, disse o presidente, sem entrar em detalhes sobre qual seria a redução pretendida.

O país enfrenta a maior crise hídrica em 91 anos, o que tem afetado os reservatórios das usinas hidrelétricas. Neste cenário, o custo de energia aumenta porque é preciso acionar as usinas termoelétricas, que são mais caras. Em agosto, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou a criação de uma nova bandeira tarifária na conta de luz, chamada de bandeira de escassez hídrica. A taxa extra passou a ser de R$ 14,20 para cada 100 kilowatt-hora (KWh) consumidos e entrou em vigor a partir do dia 1º setembro, permanecendo vigente até abril do ano que vem.

Criada em 2015 pela Aneel, as bandeiras tarifárias refletem os custos variáveis da geração de energia elétrica e é dividida em níveis. Elas indicam quanto está custando para o Sistema Interligado Nacional (SIN) gerar a energia usada nas casas, em estabelecimentos comerciais e nas indústrias.
Quando a conta de luz é calculada pela bandeira verde, significa que a conta não sofre nenhum acréscimo.

A bandeira amarela significa que as condições de geração de energia não estão favoráveis e a conta sofre acréscimo de R$ 1,874 por 100 kWh consumido. A bandeira vermelha mostra que está mais caro gerar energia naquele período. A bandeira vermelha é dividida em dois patamares. No primeiro patamar, o valor adicional cobrado passa a ser proporcional ao consumo na razão de R$ 3,971 por 100 kWh; o patamar 2 aplica a razão de R$ 9,492 por 100 kWh. Acima da bandeira vermelha, está a bandeira escassez hídrica, atualmente em vigor.

Mais cedo, o ministro Bento Albuquerque reiterou que o país não corre risco de racionamento de energia devido à grave crise hídrica. Segundo ele, desde o ano passado o governo tem monitorado a situação e tomado as medidas necessárias para garantir o abastecimento de energia. A declaração foi feita durante a abertura da 40ª edição do Encontro Nacional de Comércio Exterior (ENAEX) 2021, promovido pela Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB).

 

 

 

FONTE: Agência Brasil

Dê a sua opinião!

Política

Secretaria de Educação de Rio Crespo vai receber R$ 85 mil para compra de veículo

Hora1 Rondônia

Published

on

Recurso, assegurado junto ao Governo, é mais uma ação do presidente Alex Redano para o município

As ações da Secretaria Municipal de Educação de Rio Crespo, na região do Vale do Jamari, serão fortalecidas com a compra de um veículo, após o empenho de R$ 85 mil para esta finalidade. Esse recurso foi assegurado junto ao Governo pelo presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), atendendo ao pedido de lideranças do município.

“Para percorrer as escolas, levando as ações da secretaria e acompanhando de perto as necessidades, é preciso ter um veículo em condições. A destinação desse recurso vai suprir essa necessidade do município e esperamos que seja bem utilizado esse veículo em prol da educação de Rio Crespo”, destacou Redano.

R$ 150 mil

A prefeitura de Rio Crespo já recebeu R$ 150 mil para a compra de tubos corrugados, para a troca de pontes de madeira nas estradas vicinais, investimento assegurado através de indicação de Alex Redano ao Executivo, atendendo ao pedido dos vereadores de Rio Crespo Giltamar e Rivelino Poceiro, ambos do Republicanos, José Carlos (PP) e o presidente da Câmara, Joaldo (PSD).

Texto: Eranildo Costa Luna-ALE/RO

Foto: Diego Queiroz-ALE/RO

Dê a sua opinião!

Continue Reading

Política

Chamamento público de contratação de empresas para serviços no Hospital João Paulo II é aberto

Hora1 Rondônia

Published

on

Está aberto o  chamamento público de contratação de pessoa Jurídica ou Entidades sem Fins Lucrativos para prestação de serviços em Leitos de retaguarda Clínicos e Crônicos para atender as necessidades do hospital João Paulo II (JPII). O credenciado irá realizar procedimentos em leitos clínicos, crônicos e cirúrgicos na área de ortopedia e traumatologia de baixa, média e alta complexidade da unidade.

Conforme o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), o processo visa a contratação de  serviço executado no período de 24 horas, durante sete dias por semana, inclusive sábados, domingos e feriados.

A apresentação dos documentos de habilitação e qualificação técnica se dará em uma única etapa com entrega de dois envelopes. No caso de envio da documentação digitalizada, os arquivos em PDF devem ser encaminhados para o seguinte e-mail: celsupelchamamentos@gmail.com. Todos os documentos exigidos constam no Edital. A abertura dos envelopes será no dia 15 de dezembro, às 09 horas, na sede da Supel.

O prazo para início dos serviços será de até 30 (trinta) dias, contados a partir da primeira assinatura contratual. Além disso, o prazo de vigência do contrato decorrente do credenciamento, será de 12 (doze) meses, a partir da última assinatura no contrato, podendo ser prorrogado por igual período.

Maiores informações e esclarecimentos sobre o certame serão prestados pelo Pregoeiro e Equipe de Apoio designados, na Superintendência Estadual de Compras e Licitações (Supel), situado na Av. Farquar, bairro Pedrinhas, contato: (69) 3212-9296.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte
Texto: Ludmary Nascimento
Fotos: Frank Néry
Secom – Governo de Rondônia

Dê a sua opinião!

Continue Reading

Política

NATAL LUZ: Inauguração da decoração de Natal em Porto Velho acontece no próximo domingo (5)

Hora1 Rondônia

Published

on

Programação seguirá ao longo do mês de dezembro

Abrindo o período natalino em 2021, a Prefeitura promove, no próximo domingo (5), a solenidade de lançamento do Natal em Porto Velho. Uma programação especial será disponibilizada aos visitantes na inauguração.

O acendimento das luzes terá início no Prédio do Relógio, sede da Prefeitura, e contará com a apresentação da orquestra da Escola de Música Villa Lobos. A decoração deste ano será marcada pela interação entre os visitantes com os objetos decorativos.

A ornamentação contará com enfeites e caixas de presentes em tamanhos gigantes, além de muitos pontos de luz, concentrados em três pontos da região central: Complexo da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré (EFMM), Prédio do Relógio e Mercado Cultural.

Na EFMM, por exemplo, o visitante passará por um túnel iluminado na escada do complexo, além de prestigiar a ornamentação de uma árvore de Natal com 30 metros de altura. As árvores do local também contarão com pontos de luz distribuídos. O mesmo vai acontecer com os vagões pequenos e a locomotiva. O acesso será pela entrada principal, na avenida Farquar, que contará, ainda, com a presença de permissionários.

PROGRAMAÇÃO ESPECIAL

A programação especial de Natal contará com a cerimônia de inauguração das luzes no dia 5 de dezembro, às 19h, na escadaria do Prédio do Relógio, sede da Prefeitura. O complexo da Estrada de Ferro Madeira Mamoré (EFMM) receberá apresentação da Escola de Música Villa Lobos.

Ná no dia 10 de dezembro haverá apresentação da banda CEMACE, Fanfarra Águias Negras e coral com os estudantes da rede municipal de ensino. Já no dia 11, às 18h, a Praça Aluísio Ferreira recebe o ballet da Praça C.E.U., Coral Cantadô e Centro de Música Laio.

O restante da programação especial de Natal segue ao longo do mês de dezembro.

Toda a programação especial de Natal conta com a atuação da Fundação Cultural de Porto Velho (Funcultural), da Empresa de Desenvolvimento Urbano de Porto Velho (Emdur), e da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho (Semdestur).

 

 

Texto: Pedro Bentes
Foto: Leandro Morais

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Dê a sua opinião!

Continue Reading

Em alta

Mais lidas