Bolsonaro convida Temer para chefiar missão humanitária no Líbano

Ex-presidente é filho de libaneses e deverá coordenar apoio brasileiro

9
323
Manifestantes carregam bandeiras nacionais durante um protesto contra o governo no centro de Beirute, Líbano, em 20 de outubro de 2019

O presidente Jair Bolsonaro participou, na manhã deste domingo (9), de uma videoconferência com outros chefes de Estado e de governo para tratar das ações de apoio ao Líbano. Na última terça-feira (4), uma grande explosão na zona portuária de Beirute, capital do país, deixou um saldo de centenas de mortes e milhares de feridos. Ao detalhar as ações do governo brasileiro, Bolsonaro disse que convidou o ex-presidente Michel Temer, que tem ascendência libanesa, para coordenar a missão. 

“Nos próximos dias, partirá do Brasil, rumo ao Líbano, uma aeronave da Força Aérea Brasileira com medicamentos e insumos básicos de saúde, reunidos pela comunidade libanesa radicada no Brasil. Também estamos preparando o envio, por via marítima, de 4 mil toneladas de arroz, para atenuar as consequências da perda dos estoques de cereais destruídos na explosão. Estamos acertando, com o governo libanês, o envio de uma equipe técnica, multidisciplinar, para colaborar na realização da perícia da explosão. Convidei, como o meu enviado especial e chefe dessa missão, o senhor Michel Temer, filho de libaneses e ex-presidente do Brasil”, afirmou Bolsonaro.

Em nota, a assessoria de Temer informou que o ex-presidente “está honrado” com o convite. “Quando o ato for publicado no Diário Oficial serão tomadas as medidas necessárias para viabilizar a tarefa”, diz a nota.

A videoconferência foi iniciativa do presidente da França, Emmanuel Macron, e contou com a participação do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, do presidente do Líbano, Michel Aoun, além dos líderes de países como Egito, Catar e Jordânia, entre outros. Em seu breve pronunciamento, Bolsonaro classificou a reunião como necessária e urgente, reafirmou suas condolências às famílias das vítimas da tragédia e destacou a relação histórica entre Líbano e Brasil.

“O Brasil é lar da maior diáspora libanesa no mundo, 10 milhões de brasileiros de ascendência libanesa formam uma comunidade trabalhadora, dinâmica e participativa, que contribui de forma inestimável com o nosso país. Por essa razão, tudo que afeta o Líbano nos afeta como se fosse o nosso próprio lar e a nossa própria pátria”, disse.

 

Edição: Graça Adjuto

9 COMENTÁRIOS

  1. I would like to show my thanks to you for bailing me out of this type of incident. After looking through the internet and finding tips which are not pleasant, I was thinking my life was gone. Existing minus the solutions to the problems you’ve resolved as a result of your entire write-up is a crucial case, and the ones that would have negatively damaged my entire career if I hadn’t come across the website. Your main mastery and kindness in touching almost everything was helpful. I am not sure what I would have done if I had not encountered such a thing like this. I’m able to at this moment look ahead to my future. Thank you so much for your specialized and sensible guide. I won’t be reluctant to propose your web site to any individual who would like direction on this situation.

  2. It is appropriate time to make a few plans for the longer term and it’s time to be happy. I’ve read this submit and if I could I wish to suggest you some interesting things or advice. Perhaps you could write next articles referring to this article. I want to read even more things about it!

  3. Este site é realmente fantástico. Sempre que consigo acessar eu encontro coisas boas Você também vai querer acessar o nosso site e saber mais detalhes! informaçõesexclusivas. Venha descobrir mais agora! 🙂

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here