ATUALIZADA: Polícia Civil age rápido e prende dois supeitos de terem matado empresário e enterrado em cova rasa

A vítima estava enterrado desde a última quarta-feira dentro da cova...

0
1510

A Polícia Civil através da delegacia de homicídios prendeu dois jovens suspeitos da morte do empresário Edes Loureço da Luz, 40 anos, que foi brutalmente assassinado a facadas e pauladas na noite da última terça-feira (05), dentro do próprio galpão onde trabalhava com reciclagem de material orgânico, localizado na Avenida Rio De Janeiro, bairro Nova Porto Velho na capital.

O corpo da vítima só foi encontrado na tarde desta sexta-feira (08), por policiais civis que receberam uma denúncia anônima e logo se deslocaram para o local onde constataram a denúncia e acionaram a perícia criminal junto com o rabecão para fazer os trabalhos necessários e somente no final da noite o corpo do homem foi removido para o Instituto Médico Legal.

Os policiais após diligências conseguiram localizar e prender um jovem de 21 anos em um hotel localizado na Avenida Alexandre Guimarães no mesmo bairro, sendo que ele é sobrinho da vítima e teria arquitetado a morte do tio, que segundo o suspeito a vítima estava tentando lhe abusar sexualmente. Os policiais dando continuidade as investigações conseguirão prender mais um jovem no bairro Jardim Eldorado na zona sul da cidade.

Diante da situação eles receberam voz de prisão e foram levados para a central de flagrantes onde um dos suspeitos disse que apenas teria roubado o celular do sobrinho da vítima e não teria participação na morte do empresário. Agora eles devem passar pelo delegado e depois serão levados para o presídio provisório onde aguardaram a decisão da justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here