Connect with us

Interior

ATUALIZADA: Os três suspeitos que morreram em confronto com a PM faziam roubos de caminhonetes na região

Hora1 Rondônia

Published

on

O Núcleo de Inteligência da Polícia Militar (PM) recebeu denúncias que o foragido da justiça Lucas Santos Bastos, suspeito de realizar roubos de camionetes na região do vale do Jamari, planejava com outros suspeitos armados com pistola e revólveres, realizar um roubo na noite de terça-feira (26) na zona rural, contaria com apoio de um veículo que presta serviço por aplicativo e uma motocicleta Honda XRE cor vermelha placa NCZ 0421, produto de um roubo realizado durante o dia.

No inicio da noite os policiais avistaram os veículos na BR-421, três guarnições que estavam em patrulhamento pela região tentaram abordar os veículos, porém, o motorista do automóvel reduziu a velocidade, parando metros após e o passageiro desceu atirando contra a guarnição que após se proteger, disparou contra o suspeito que fugiu para o mato tentando fugir dos policiais. O passageiro que estava no lado esquerdo do banco traseiro, desceu do veículo e também atirou contra os policiais e correu para o mato no sentido oposto do primeiro.

O motociclista Claison Silva Dias, 20 anos, durante a fuga, caiu da motocicleta e segundo ocorrência, sacou de um revólver calibre 38 e foi baleado pelos policiais, após não oferecer risco aos policiais, foi verificado que a arma se tratava de um revólver com numeração ilegível, marca Taurus com 4 munições picotadas. No automóvel os policiais retiraram uma mulher e perceberam que o motorista Tiago Alves de Souza, 24 anos, estava com uma arma em punho, ele foi baleado e o veiculo começou a descer de ré, atingindo uma viatura e parou em um barranco a uns 50 metros do local.

Após o carro parar, os policiais se aproximaram, perceberam que o motorista e o passageiro Caio Silveira do Prado, 23 anos, que estava no banco de trás necessitavam de atendimento médico, foi solicitado a equipe do SAMU, onde o médico constatou o óbito dos dois suspeitos. Com o motorista foi encontrado um revólver Taurus calibre 38 com quatro munições, sendo três deflagradas e uma picotada. O motociclista de 20 anos, popularmente conhecido como “Morte” foi socorrido a Unidade Pronto Atendimento (UPA), mas, faleceu logo após dar entrada na unidade hospitalar.

Os dois suspeitos que fugiram para o mato não haviam sido localizados até o registro da ocorrência. A mulher que estava como passageira no veículo foi conduzida como testemunha, informou aos policiais que viveu um tempo com o suspeito Lucas e devido agressões eles se separaram, eles estavam indo para Alto Paraíso onde ela ficaria e os demais seguiriam a vida. De acordo com a mulher, ex e seu irmão Caio realizavam roubos e o motorista do automóvel fazia as corridas para eles e para ela e que não conhecia o outro suspeito que fugiu.

Dê a sua opinião!

Interior

LATROCÍNIO: Cabo do Exército que estava desaparecido é encontrado morto com tiros na cabeça e suspeitos são presos

Hora1 Rondônia

Published

on

O cabo do Exército Brasileiro, identificado como Carlos Cabixi de 24 anos, foi encontrado morto no final da tarde desta sexta-feira (26), após a prisão de dois suspeitos na zona rural do município de Guajará-Mirim, região de fronteiras entre Brasil e Bolívia.

A vítima estava desaparecida desde a última quarta-feira (24), quando teria deixado a esposa na faculdade e contou que iria se encontrar com alguns amigo e depois não foi mais visto. A Polícia recebeu a denúncia e desde então começou um trabalho de investigação conjunto da PM e PC e dois suspeitos acabaram sendo presos, um deles confessou o crime, contou que ele e o comparsa mataram a vítima para roubar a motocicleta e teriam atravessado o veículo para o país da Bolívia.

Os criminosos levaram os policiais até o local onde estava o corpo da vítima, quando chegaram constataram o crime se deparando com o corpo do militar já em avançado estado de putrefação. Durante a perícia foi possível perceber perfurações na cabeça da vítima. Após a finalização o corpo foi removido para o Instituto Médico Legal e os criminosos conduzidos para o presídio da cidade, onde ficaram à disposição da justiça.

Dê a sua opinião!

Continue Reading

Interior

ATUALIZADA: Polícia Civil identifica mulher que foi morta a pauladas e facadas em Ji-Paraná

Hora1 Rondônia

Published

on

Logo na madrugada desta sexta-feira (26), a Polícia Militar fez o registro de um crime de homicídio onde uma mulher foi morta com pauladas e facadas, sendo quase degolada na frente de uma distribuída de gás na Avenida Amazonas com Estrada Velha no bairro Primavera, 2º distrito do município de Ji-Paraná.

A vítima foi identificada como sendo Beatriz Vanessa da Silva, 41 anos, a qual tinha problemas com drogas segundo as investigações apuradas pela equipe da Polícia Civil da cidade. O crime pode esta relacionado a um possível acerto de contas.

Dê a sua opinião!

Continue Reading

Interior

VIOLÊNCIA SEM TRÉGUA: Mulher é barbaramente degolada após ter sido agredida a pauladas em Ji-Paraná

Hora1 Rondônia

Published

on

Uma mulher até o momento identificada apenas como “Bia”, de aproximadamente 30 anos, foi barbaramente assassinada com requintes de crueldade após ter sido agredida a pauladas e depois degolada no meia da rua da Estrada Velha, no Bairro Primavera, 2º distrito do município de Ji-Paraná, interior do Estado de Rondônia.

A Polícia Militar do 4º batalhão foi acionada para atender a ocorrência de homicídio, pois havia uma mulher morta na frente de uma casa e assim que chegou os policiais constataram que a vítima estava degolada e solicitaram a perícia criminal para fazer os trabalhos necessários, onde o perito verificou que a vítima além de esta degolada haviam outras marcas de violência pelo corpo como se tivesse sido agredida a pauladas, sendo encontrado próximo do cadáver pedaços de madeira.

A mulher segundo relatos de testemunhas, estava sentada na frente de uma distribuidora de gás quando foi atacada por um homem a pauladas e quando a mulher desmaiou ele com uma faca desferiu várias facadas no pescoço da mulher quando degolando. Após a perícia o corpo foi liberado para a funerária de Plantão fazer a remoção. A Polícia Civil da homicídio segue com as investigações e não descartam um possível acerto de contas motivado por dívidas de drogas.

Dê a sua opinião!

Continue Reading

Em alta

Mais lidas