As exportações dos últimos 3 meses atingem nível mais alto

As exportações do Brasil não teriam sido afetadas de forma severa, como em outros países, nem mesmo com a Covid-19, ou pelas tarifas também norte-americanas: as exportações do país no mês passado somaram US$ 17,7 bilhões.

19
224
Beto Richa, Governador do Paraná - APPA - Corredor de exportação supera em 22% a movimentaçã de grãos.

De acordo o Ministério da Economia, em setembro houve uma alta na importação
do arroz de 91,13% e foram 125 mil toneladas de arroz produzida no país que foi
importado.

Ainda segundo o artigo publicado no site do Ministério da Economia, as exportações do Brasil não teriam sido afetadas de forma severa, como em outros países, nem mesmo com a Covid-19, ou pelas tarifas também norte-americanas: as exportações do país no mês passado somaram US$ 17,7 bilhões.

Anunciado também pelo presidente da república que disse que a economia está se
recuperando melhor que o esperado e a "boa colheita do arroz" com a perspectivas de produção, nos coloca mais confiante para esse segundo semestre de 2020. Além do que o presidente manteve a tarifa de importação de arroz para países fora do Mercosul.

“MELHOR CAFETEIRA”

E esse domínio pode ainda continuar por bastante tempo, mesmo depois que o
restante dos países começar a apresentar recuperação depois da pandemia.
O Brasil tem demonstrado uma grande capacidade para exportar. Afinal de contas,
temos os maiores recursos naturais e recursos para isso. Além disso, o país também pode contar com uma infraestrutura muito eficiente, além de empréstimos extras concedido pelo governo, não só para as pequenas empresas, como também para a grandes, para que elas tenham como agir mesmo diante da pandemia.

O que aconteceu para os produtores exportar mais e importar
menos?

Com novos mercados fora do Brasil, os produtores começaram a olhar para a
valorização da moeda estrangeira, exportando mais e importando menos. No mês de setembro, o setor agropecuário teve uma alta de 3,2%, enquanto as vendas da
indústria extrativa aumentou em 9,2%.

Um recomeço da Economia Global
Depois que houve a reabertura no fim do mês de fevereiro e começo do mês de
março, as exportações das indústrias da China apresentaram um grande aumento,
que continua de forma gradativa para diversos setores diferentes.

No mês de julho, às exportações apresentaram um aumento que chegou ao 2° maior nível da história. Tanto é, que quase chegou a se igualar ao pico, que bateu recorde no mês de dezembro do ano anterior. Essa informação saiu no The New
York Times. Essa matéria informava que a China conseguiu ficar com uma das maiores parcelas dos mercados globais nesse verão, de alguns outros países focados na manufatura. Com isso, ela conseguiu consolidar o domínio sobre o comércio.

Economia Centralizada

O jornal também afirmou que a maior parte das economias, com exceção da China,
encontra-se em recessão. Atualmente, a China está trabalhando na fabricação de
tudo o que as famílias e os hospitais estão precisando: produtos para a melhoria
das casas, equipamentos de proteção pessoal e eletrônicos de consumo.

Aliás, os consumidores do mundo inteiro estão comprando de tudo atualmente,
como tela de computador até saunas caseiras. Além disso, a grande maioria desses itens são fabricados na China. Uma das grandes vantagens desse país é que ele conta com mão de obra super acessível e muito estável. Um exemplo citado na matéria que saiu no jornal dos Estados Unidos, cita uma empresa como exemplo, a Hongyuan Furniture, que chegou a contratar mais 50 trabalhadores extras.

Aumento das exportações comparação China e
Brasil.

Essa contratação se deu após as encomendas de exportação de saunas
domiciliares apresentaram um enorme aumento neste ano. Os pedidos mais que
dobraram nesse período.

Segundo a Hongyuan, mesmo pagando 25% de tarifas norte americanas nos
últimos anos, eles continuam sem nenhum concorrente quando o assunto são
saunas domiciliares.
Uma outra empresa, a Trueanalog, tem como principal mercado de alto-falantes
estéreo os Estados Unidos. Porém, a empresa descartou a possibilidade de
transferir a sua produção para os EUA. Assim como também descartou a
transferência para o Vietnã, em que os salários são menores ainda.
A China está dominando a produção mundial de espuma de borracha, cones de
papel e ímãs, assim como de qualquer componente que é usado em montagens de
alto-falantes.

Enquanto o Brasil, vem tentando otimizar mercados externos visando a alta da
moeda estrangeira. O resultado para o segundo semestre de 2020 é positivo para
vários setores, incluindo o de arroz e café. Estima-se um aumento de 25% na
produção de café anunciado pela Conab.

“Já preparando minha melhor cafeteira, vamos ter uma colheita gorda para o final de
2020/2021” diz Jhonata Silva um dos analista de mercado rural.
Acredita também que a exportação do café, dominado principalmente pelo estado
de Minas Gerais que vêm apresentando ser o maior produtor de café, mesmo nesta
safra de bienalidade positiva, pode aumentar as exportações devido ao preço do
dólar, e torce para que não falte na mesa dos brasileiros, além de que ressalta: “
mineiro não pode ficar sem café”.

Enfim, o Brasil conta com a maior cadeia de suprimentos e recursos naturais.
Enquanto a china, uma das atuais potências na economia tem suas tecnologias.
Portanto, mesmo diante da pandemia, as exportações da China, principalmente nos
últimos 3 meses, estão apresentando um grande crescimento. E esse crescimento
se deu em vários setores.

Enquanto o Brasil teve um queda de 7% em alguns setores e 14% durante o ano da
pandemia do Coronavírus, a Covid-19 faz economia dos EUA despencar mais de
30% no 2º trimestre. Mesmo com todo esse cenário, e, ao que tudo indica, com a
nova colheita e a retomada da economia esse número deve mudar e com tempo
determinado para ter fim.

19 COMENTÁRIOS

  1. Fantastic beat ! I wish to apprentice even as you amend your website, how could i subscribe for a blog website? The account aided me a applicable deal. I were a little bit familiar of this your broadcast provided vibrant transparent idea

  2. of course like your web site but you have to check the spelling on several of your posts. Several of them are rife with spelling problems and I find it very troublesome to tell the truth nevertheless I’ll certainly come back again.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here