Após fazer oração evangélico é morto à tiros na zona rural de União Bandeirantes

A vítima chegou a ser socorrido, porém, não resistiu e veio a óbito...

0
703

Júlio César da Silva, 26 anos, foi cruelmente executado com quatro tiros no sábado em uma propriedade rural localizada na Linha 02 do quilômetro 28 em União Bandeirantes, distrito de Porto Velho.

Segundo relatos da esposa da vítima, Júlio acordou e pelo fato de ser evangélico ele fez uma oração e depois saiu para o terceiro e depois de algum tempo ela se assustou com vários tiros e quando saiu viu seu esposo caído ao solo todo ensanguentado e dois bandidos de jaqueta preta fugindo em uma motocicleta.

A vítima foi socorrida pelos vizinhos para o posto de saúde, mas nada puderam fazer, pois a Júlio já estava morto. A Polícia Militar foi acionada para fazer o registro e poucas foram as informações repassadas com relação às características do criminosos.