PM é afastado após colocar mão embaixo de saia de mulher

Na ocasião, segundo os policias, ela foi abordada porque estava provocando desordem no local e tirando o sossego, além de tê-los desacatado.

0
413

Um policial militar que aparece em um vídeo tentando colocar uma mulher a força dentro de uma viatura na área Itaqui-Bacanga, em São Luís, será afastado do policiamento de rua e colocado apenas em funções administrativas, segundo o setor de comunicação social da corporação. O outro policial envolvido, também foi afastado. Um inquérito policial foi instaurado para investigar a conduta dos agentes que não tiveram as identidades reveladas. O caso aconteceu no último sábado (30).

Na gravação, o policial coloca uma das mãos por baixo da saia de uma mulher na tentativa de colocá-la em uma viatura. Na ocasião, segundo os policias, ela foi abordada porque estava provocando desordem no local e tirando o sossego, além de desacato.

Uma testemunha que presenciou o fato fez as gravações por celular. A Polícia Militar, revelou que logo após o policial ter colocado a mão embaixo da saia, as pessoas que estavam no local tentaram impedir a aproximação policial, o que gerou uma discussão entre os policiais e os populares, que distanciaram a mulher do veículo militar.

O governador do estado, Flávio Dino (PCdoB), afirmou que um “processo disciplinar foi aberto e será conduzido de acordo com a lei”.

Por meio de nota, a PM confirmou que abriu procedimento de investigação para analisar a conduta dos policiais, por conta da ação violenta. A atitude será apurada pela Corregedoria da Corporação.

Confira a nota na íntegra:

A Polícia Militar do Maranhão (PMMA), informa que os procedimentos administrativos cabíveis vão ser adotados pela Corregedoria da Polícia Militar para apurar o caso. Ressalta, ainda, que não compactua ou mesmo legitima tais condutas. Tais ações em nada coadunam com os princípios profissionais e éticos que orientam as atividades dos integrantes de toda a corporação.

Entenda o caso:

Dois policiais militares foram até a praça do Bacanga na tarde do último sábado (30) para atender uma ocorrência, quando a mulher acabou se alterando. Ela seria conduzida por desacato.

Diante da recusa da mulher, um dos policiais chega a colocar uma das mãos entre as pernas dela. Uma das testemunhas presentes no local que acompanhava a ação violenta resolveu filmar tudo, no momento, algumas pessoas que entraram em conflito com a polícia resolveram intervir.