Pistoleiro se passa por cliente para poder executar alvo

A vítima chegou a ser socorrida com vida porém não resistiu a gravidade dos tiros e acabou morrendo...

0
153

Elizeu Martins da Cunha foi executado na noite desta segunda-feira (19), após um pistoleiro se passar por cliente da esposa dele, que trabalha com costura, para adentrar na casa da vítima. O caso aconteceu na rua 5, bairro São José, zona Leste. Elizeu tinha 58 anos.

Conforme Boletim de Ocorrência (BO), registrado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), na noite de segunda-feira (19/8), por volta das 22h, pela filha da vítima, um desconhecido chegou a residência procurando serviços de costura no local, onde também funciona uma mercearia.

A costureira pediu para ele entrar e ver a peça de roupa, ao enfiar a mão na bolsa para tirar a roupa, o pistoleiro sacou a arma. Depois o infrator efetuou disparos de arma de fogo em Elizeu, que chegou a ser socorrido e encaminhado ao Hospital e Pronto Socorro Doutor Aristóteles Plantão Bezerra de Araújo, mas veio a óbito.  O caso está sendo investigado pela DEHS.