Gabriel Jesus é suspenso por dois meses e desfalca Seleção Brasileira

A Conmebol puniu o jogador brasileiro após "comportamento ofensivo" na final da Copa América, quando quase derrubou a cabine do VAR

0
82
RIO DE JANEIRO, BRAZIL - JULY 07: Gabriel Jesus of Brazil reacts after receiving a a red card during the Copa America Brazil 2019 Final match between Brazil and Peru at Maracana Stadium on July 07, 2019 in Rio de Janeiro, Brazil. (Photo by Wagner Meier/Getty Images)

Assim como fez com Messi no início deste mês, o tribunal disciplinar da Conmebol anunciou punição ao atacante Gabriel Jesus. A entidade decidiu suspender por dois meses o jogador devido ao mau comportamento na final da Copa América, contra o Peru, quando foi expulso. Na saída de campo, o camisa 9 fez um gesto em alusão a roubo, socou o banco de reservas e por pouco não derrubou a cabine do VAR com um empurrão.

O jogador brasileiro e a Confederação Brasileira de Futebol têm uma semana para recorrer da decisão. Caso não consiga reverter o quadro, Gabriel Jesus ficará de fora dos amistosos contra Colômbia e Peru, em setembro. Além disso, também pode perder as datas Fifa de outubro. O técnico Tite faz a próxima convocação para a Seleção Brasileira no próximo dia 16

A punição ao atacante brasileiro foi tomada com base em artigo do Regulamento Disciplinar que aponta “comportamento de maneira ofensiva”. A suspensão por dois meses veio acompanhada de uma multa no valor de US$ 30 mil.

Messi
Outro jogador suspenso pela Conmebol por mau comportamento durante a Copa América foi o argentino Lionel Messi. Além da suspensão automática pelo cartão vermelho recebido no triunfo de sua seleção sobre o Chile, por 2 x 1, na disputa do terceiro lugar da Copa América contra o Chile, ele foi suspenso por três meses e multado em US$ 50 mil. Na ocasião, Messi insinuou que a Copa América estava arranjada para o Brasil e se recusou a receber a premiação de terceiro lugar por não querer fazer parte “dessa corrupção”.