Senar SuperAção vai ajudar famílias rurais de Brumadinho a recuperar produção

A iniciativa envolve o Sistema CNA/Senar, a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg) e o Senar/MG, com a parceria do Ministério da Cidadania, por meio da Aliança Brumadinho.

0
46

Brasília (02/08/2019) – Seis meses após o rompimento da barragem na região de Brumadinho, em Minas Gerais, o casal de produtores rurais Ivan Fernandes de Queiroz e Eliselma Campos Amorim sente os reflexos para comercializar os alimentos produzidos no sítio Grota do Paiol, na comunidade rural Toca de Cima.

O casal não foi afetado diretamente pela lama provocada pelo acidente, mas sim pela desconfiança das pessoas em acharem que o alimento produzido não era seguro para consumo.

“Não conseguimos vender a produção de mandioca. Perdemos praticamente todo o mandiocal e o que estamos planejando para um novo plantio”, revela Eliselma.

Apesar de o sítio estar distante do local onde ocorreu o rompimento e da captação de água ser feita em uma nascente na propriedade, Eliselma e Ivan perderam dois terços do mandiocal, valor estimado em R$ 50 mil.

“Ninguém quis comprar o meu produto porque sou de Brumadinho. Da forma como mostraram, parece que tudo que é de Brumadinho estava afetado. É claro que foi uma tragédia terrível, mas não acabou com Brumadinho. Tem muito produto bom aqui para consumir”, desabafa Eliselma.

Na última semana, eles passaram o trator na produção de mandioca porque o produto já não tinha valor comercial. “Tem o padrão que o mercado aceita, depois disso não há o que fazer porque a mandioca não cozinha”, complementa.

Mas no último dia 28, Eliselma e o marido voltaram a ter uma esperança, com o lançamento do programa Senar SuperAção Brumadinho, que vai levar assistência técnica e gerencial e cursos de formação profissional e de promoção social às famílias rurais para resgatar a cidadania e a geração de renda de centenas de famílias rurais do município.

Com o SuperAção Brumadinho, eles enxergam uma possibilidade de retomar a produtividade. “Estamos com uma grande expectativa e esperançosos com a ajuda que receberemos para que a gente possa superar o prejuízo”, afirma Eliselma.

A iniciativa envolve o Sistema CNA/Senar, a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg) e o Senar/MG, com a parceria do Ministério da Cidadania, por meio da Aliança Brumadinho.