Homem com passagem pela Polícia por estupro é executado com vários tiros ao ser perseguido por dupla em moto

A vítima foi perseguido e morta a tiros por motivos ainda desconhecidos...

0
227

O ex presidiário Carlos Eduardo de Moraes Franco, 34 anos, foi morto na noite de segunda-feira (08), ao ser alvejado com vários tiros enquanto transitava na Rua Pequiseiros, bairro São Jerônimo no município de Vilhena, Cone Sul do Estado de Rondônia.

De acordo com informações que a Polícia Militar recebeu de testemunhas, são de que viram a vítima correndo, sendo perseguido por dois criminosos ocupando uma motocicleta, sendo que o carona efetuava vários disparos na direção da vítima que mesmo ao ser baleado tentava se salvar dos tiros, porém, não aguentou e acabou caindo no meio da rua e os criminosos fugiram sentido bairro Cristo Rei.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros esteve no local e constatou a morte da vítima, a PM isolou o local e acionou a perícia técnica para fazer os trabalhos necessários, onde foi verificado que a vítima foi atingida na nuca, costas e braço e posteriormente o corpo foi recolhido pela funerária de plantão. A família da vítima contou que ele teve preso pelo crime de estupro, mais já havia pagado sua pena e ultimamente estava trabalhando, casado e sua esposa grávida.

A Polícia Civil que investiga o caso também esteve no local onde ouviram dos familiares que não sabem se ele estava sofrendo ameaças de morte ou se teria tido algum problema com alguém. Agora é questão de tempo para que a dupla possa ser identificada e presa.