Legal ou não? Comentaristas de arbitragem divergem sobre gol do Flamengo

O Flamengo sofreu virada no final do segundo tempo e adiou a classificação...

0
141

De virada, a LDU venceu o Flamengo hoje, por 2 a 1, pela quinta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores, em jogo transmitido pelo Fox Sports e pelo Grupo Globo e terminou 2 a 1. Bruno Henrique marcou o primeiro gol do jogo para os rubro-negros, e os comentaristas de arbitragem de cada emissora divergiram sobre a legitimidade do lance. Comentarista de arbitragem do Grupo Globo, Sandro Meira Ricci avaliou o lance como ilegal. Na opinião do ex-árbitro, o toque no braço de Bruno Henrique mudou a direção da bola e fez com que ela ficasse fora do alcance do goleiro adversário.

“Olha lá a jogada: a gente percebe que ele cabeceia e, depois, a bola bate no braço do Bruno Henrique. E é o Braço que dá a direção da bola e tira ela do goleiro. Portanto, gol ilegal”, analisou Sandro Meira Ricci. Já para Carlos Simon, comentarista dos canais Fox Sports, o gol foi legal. O ex-ábitro fez a ressalva de que de acordo com as novas recomendações de arbitragem da International Board (órgão responsável por gerir as regras do futebol), que entrarão em vigor a partir de junho, o gol seria ilegal, mas, como elas ainda não se aplicam, o gol valeu.

“A bola triscou no braço do Bruno Henrique antes de entrar. É bom lembra que pela regra atual é gol. Pela regra nova, não vai valer. Mas ela entra em vigor a partir de junho”, comentou.