Homem com tornozeleira eletrônica invade casa, abusa e mata idosa de 92 anos no MT

O suspeito foi reconhecido pela filha da vítima.

0
232

Uma idosa de 92 anos sofreu abuso e foi espancada dentro de sua própria casa na cidade de Nobres, localizada a 151 km de Cuiabá, capital do Mato Grosso. O crime aconteceu no domingo (17) e ela faleceu nesta segunda-feira.

De acordo com o boletim de ocorrência, quando a filha da idosa chegou à casa da mãe a encontrou caída no chão. Com 92 anos, ela havia sido abusada e estava toda machucada.

O suspeito pelo crime foi identificado como Alexandro Antunes de Oliveira da Silva, de 29 anos. Ele foi preso, mas negou que tivesse cometido o crime. O homem usava tornozeleira eletrônica e o monitoramento do equipamento mostrou que ele ficou duas horas na casa da idosa.

A PM informou que o caso ocorreu no Bairro Jardim Paraná, em Nobres. A idosa foi encontrada por volta das 6h do domingo. Mesmo debilitada e abalada com a situação, ela deu detalhes do ocorrido e contou quem havia cometido o crime.

A idosa foi socorrida e deu entrada no Hospital e Maternidade de Vicuna em estado grave. Ao G1, o hospital afirmou que ela foi atendida e aguardava transferência para um hospital com mais estrutura. A locomoção não foi possível porque a idosa morreu antes, às 2h desta segunda.

O suspeito pelo crime foi preso. Policiais o encontraram em uma chácara, às margens do Rio Cuiabá, em uma região conhecida como Pindura. O suspeito foi reconhecido pela filha da vítima. Alexandro havia trabalhado na casa de idosa dias antes do crime como pintor.
Ele nega que tenha cometido o crime, mas as evidências são fortes contra ele.