Elevado é construído para proteger peças históricas, caso a enchente atinja os galpões da EFMM

“Já levantamos as peças que são acervo do museu. Todas estão protegidas. Nós colocamos um elevado dentro do galpão 1 e elas estão protegidas, caso a cheia alcance os galpões”

0
76

O presidente da Fundação Cultural de Porto Velho (Funcultural), Ocampo Fernandes, garante que as obras de reforma do complexo da Estrada de Ferro Madeira Mamoré estão a todo vapor, e que por enquanto, não há qualquer previsão de interrupção dos trabalhos, devido a cheia do rio Madeira.

“Só uma obra que está paralisada, que é a de urbanização. Por conta das águas, então teve que parar, mas o enrocamento está a todo vapor e a parte arqueológica também. Portanto, isso é o que está sendo realizado neste momento, não pararam as obras”, acrescentou.

Com relação aos cuidados com as peças históricas, Ocampo garante que providências já foram tomadas para que não tenham contato com as águas. “Já levantamos as peças que são acervo do museu. Todas estão protegidas. Nós colocamos um elevado dentro do galpão 1 e elas estão protegidas, caso a cheia alcance os galpões”, destacou.