Turista acusa cinco bombeiros de estupro em Copacabana

Caso foi registrado na tarde desta sexta-feira (1º)

0
253

Cinco soldados do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro são acusados por uma turista baiana, de 24 anos, de estupro, ocorrido na tarde desta sexta-feira (1º), na praia de Copacabana, Zona Sul da capital fluminense.

Segundo a Secretaria de Estado da Polícia Militar, “policiais do 19° BPM (Copacabana), que estavam baseados em uma cabine na altura do Posto 02 da orla de Copacabana, foram abordados por uma turista alegando ter sido assediada por militares do Corpo de Bombeiros, durante a tarde desta sexta-feira (1/3). Os policiais abordaram o grupamento, composto por cinco militares, e conduziram todos os envolvidos para a 12ª DP (Copacabana)”.

O nome da vítima não foi divulgado. A corporação se pronunciou e disse que está acompanhando o caso. “Os militares responderão pela acusação à Justiça comum. No âmbito do CBMERJ, será instaurado um Inquérito Policial Militar (IPM)”, diz nota divulgada pelos bombeiros.

O texto também destaca que a corporação “não compactua com nenhum ato que vá de encontro com a ética, a moral e os bons costumes”.