Preço da saca de soja melhora e anima produtores que estão em colheita

Saca da soja foi a R$ 66,00 na semana passada, mas alta pode ser passageira

0
200

O preço da soja começa a melhorar e já anima produtores rurais na região de Cerejeiras. No final do ano passado, no início da colheita do grão, a saca da soja caiu para R$ 55,00 pagos “no balcão” (termo que quer dizer a compra no ato e no preço à vista), segundo cotação numa das principais empresas compradoras do município cerejeirense.

Agora, nesta sexta-feira, 22, porém, o preço da saca de soja, segundo cotação da mesma empresa, chegou a R$ 62,50. Para a saca do grão para a safra do ano que vem, a companhia chegou a oferecer – adiantado – o valor de R$ 66,00. As razões para a melhora dos preços são variadas, mas duas se destacam. O primeiro motivo seria a perspectiva de uma leve queda da produção em alguns Estados produtores brasileiros, como Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, que estão enfrentando problemas com o clima.

A segunda razão é a melhora das perspectivas da relação entre Estados Unidos e China, o que, por enquanto, o que eleva a cotação da soja americana na bolsa de Chicago e acaba refletindo no grão cultivado e vendido no Brasil.

O agrônomo Lucas Garcia, da AgroFarm, empresa de consultoria agrícola em Cerejeiras, afirma que os produtores rurais deveriam aproveitar este momento em que a soja está valorizada. “O produtor rural deve ficar atento a essas oportunidades de cotações, como as que vimos a R$ 66,00 por saca,e começar a proteger sua lucratividade desta safra. Com essas indefinições de direção da soja para este ano e o produtor já fazendo os cálculos da próxima safra, é interessante correr menos riscos,vendendo parte de sua safra adiantado aproveitando este preço melhor para travar parte da produção. Assim, ele vai estar garantindo seus lucros e pagando suas contas sem sufoco”, disse o agrônomo.

O produtor rural Adilson Schiochet, da região de Cerejeiras, afirma que a melhora do preço da soja, foi bom para a atividade, mas faz uma ressalva. “Só que os custos de produção foram muito altos. Para se tornar rentável, o preço da soja deve estara partir de R$ 65,00 a saca, para ficar bom para o produtor”, disse.