Posição firme pode ser tomada: Coronel diz que Venezuela extrapolou limites com tiros e bombas

O governo de Jair Bolsonaro tomará providências. 

0
249

Neste sábado,  23 de fevereiro, o coronel do Exército brasileiro, José Jacaúna, chamou de “lamentável” o confronto na fronteira entre Brasil e Venezuela. De acordo com ele, nunca em  sua trajetória como militar, havia visto soldados de outro país jogarem bombas de gás lacrimogênio e até darem tiros reais contra o nosso território.

Para o Coronel, uma posição firme precisa ser tomada e de maneira rápida. Ele garante que a Venezuela e os seus militares extrapolaram os limites da fronteira e atentaram contra a nossa soberania nacional.

A secretaria de segurança do Palácio do Planalto, ao saber da indignação do coronel, disse que vai apurar os fatos e que o governo de Jair Bolsonaro tomará providências.