3 anos após Mariana, barragem se rompe em Brumadinho; veja fotos

Reservatório de rejeitos pertencia à empresa Vale

0
173

Uma barragem de rejeitos da mineradora Vale se rompeu nesta sexta-feira (25), em Brumadinho, nos arredores de Belo Horizonte.

A Prefeitura da cidade pediu para a população manter distância do leito do Rio Paraopeba, um dos principais afluentes do São Francisco. Imagens de helicóptero mostram uma ampla área tomada pela lama.

Segundo a Vale, o incidente ocorreu no reservatório da Mina do Feijão, e os rejeitos atingiram a zona administrativa da empresa e a comunidade da Vila Ferteco.

Brumadinho fica a 120 quilômetros de Mariana, cidade que teve um distrito, Bento Rodrigues, destruído por um desastre semelhante em novembro de 2015. A tragédia matou 19 pessoas.

A barragem de Mariana era operada pela Samarco, consórcio entre a Vale e a empresa britânica BHP Billiton. Até hoje ninguém foi punido pelo maior desastre ambiental da história do Brasil. (ANSA)