Diretoria dos Progressistas se reúne em Porto Velho para definir planejamento estratégico de 2019

No planejamento está a retomada dos cursos gratuitos para a população.

0
225

A presidente estadual do Progressistas, Jaqueline Cassol, o secretário-geral, Luiz Paulo Batista, e a tesoureira, Érica Ferrão, se reuniram na manhã da última sexta-feira (18), na nova sede do partido, em Porto Velho, para a elaboração do planejamento estratégico que o PP deve executar em 2019.

O objetivo da nova diretoria é fazer uma gestão produtiva e eficiente. Neste intuito, a largada foi dada nos primeiros dias de janeiro, quando Jaqueline e Luiz Paulo visitaram alguns municípios onde serão montados diretórios do PP, em concordância com determinações da justiça eleitoral. Pelo planejamento, esse trabalho será capitaneado pelo secretário-geral, que não descarta mudanças. “Alguns ajustes precisarão ser feitos conforme a necessidade e particularidade de cada cidade, sempre pensando na união e integração dos filiados com a população em geral”, explicou Luiz Paulo.

Como secretário-geral, será dele também a responsabilidade de manter a organização partidária perante a justiça eleitoral. Trabalho que começou a ser feito ainda em 2018, quando o PP entregou as prestações de contas eleitorais nos 52 municípios de Rondônia.

Em 2019, o partido vai retomar a parceria com a Fundação Milton Campos, responsável pela realização de eventos gratuitos, voltados para capacitação e conscientização política dos filiados e demais membros da sociedade em geral. Somente em 2018, essa parceria resultou na realização de 21 eventos voltados para jovens, mulheres, servidores públicos, acadêmicos, entre outros.

Segundo Jaqueline Cassol, o cronograma das capacitações para 2019 está quase finalizado e em breve será divulgado. “Estamos apenas aguardando o aval da Fundação e da senadora Ana Amélia. Não abro mão dessa parceria, pois são cursos gratuitos que realizamos em todo o Estado. Em 2018 fizemos um trabalho diferenciado e em 2019 será ainda melhor”.

Sobre as eleições de 2020, a presidente disse que o trabalho já começou. “O partido tem participado e vai estar cada vez mais ativo nas questões que envolvem a coletividade. Não podemos ser um partido somente em ano eleitoral. Já estamos integrando a força tarefa que busca derrubar o aumento da tarifa de energia em Rondônia e assim será de agora em diante”, decretou Jaqueline.

Em 2019, o Progressistas de Rondônia vai atuar com algumas mudanças, entre elas a redução do espaço físico e de colaboradores – que resulta em economia -, organização administrativa e cumprimento de determinações da justiça eleitoral. “Um partido político é como uma empresa, precisa ter gestão, controle, planejamento e disciplina. Com essa visão, queremos fortalecer o partido, unir os filiados e nos aproximar, cada vez mais, da população”, finalizou Jaqueline Cassol.