Polícia recupera motos roubadas e apreende adolescente com rifle de pressão

O menor ao ser detidos os familiares tentaram rebatar o mesmo e acabaram presos...

0
81

Joice Rafaela Meireles da Silva, 18 anos, Bismark da Silva, 30 anos, Marcilene Ferreira Mota, 20 anos e um adolescente de 16 anos, foram detidos no final da tarde de terça-feira (08), após o menor infrator ter feito o roubo de uma motocicleta e os demais suspeitos terem atrapalhado o serviço da Guarnição em uma residência localizada na Rua Machado de Assis, bairro Cuniã, região leste de Porto Velho.

Segundo consta no boletim de ocorrência, os policiais foram acionados para atender uma ocorrência de roubo, onde dois indivíduos teriam roubado uma moto de um homem no cruzamento das Avenidas Daniela e José Vieira Caula e na fuga os criminosos fugiram tomando rumo ignorado.

Quando os Pms chegaram no local foram informados que os suspeitos abandonam uma das motos algumas quadras dali e foi constatado e durante pesquisa na placa da moto foi constatado que havia uma restrição de roubo ou furto na data de ontem. Os policiais fizeram contato com a vítima e relatou que dois bandidos de posse de uma arma de fogo após fortes ameaças de morte a vítima deu sua moto e os criminosos fugiram.

Durante diligência os policiais receberam novas denúncias do paradeiro de um dos suspeitos, e se deslocaram para o local onde avistaram o menor infrator entrando na casa com uma mochila nas costas e logo os Pms agiram e bateram no portão onde Joice abriu e autorizou a entrada da Guarnição onde o menor foi encontrado, sendo que a princípio negou o crime mas depois resolveu colaborar e assumiu ser o autor do roubo de ontem e o de hoje e durante revista na casa foi encontrado uma arma de prisão adaptada para calçar balas calibre 22, além de quatro munições que estavam dentro da mochila, sendo três de calibre 38 deflagrada e uma de calibre 32 intacta.

No momento que os policiais estavam saindo da casa com o adolescente detido, seus irmãos Bismark e Marcilene tentaram atrapalhar os trabalhos da Polícia, não deixando seu irmão ser preso e também foram algemados e receberam voz de prisão por perturbação do trabalho e desacato. Ao ser interrogado sobre o seu comparsa o mesmo disse que não sabe onde ele estava e nem sabia onde ele morava e ainda disse que a moto estava em uma borracharia e a arma ele havia jogado em um córrego, os Policiais foram até o local onde a moto estava e a recuperaram e as vítimas dos dois roubos reconheceram o menor na prática do crime. Os suspeitos foram levados para a Central de Polícia para as providências necessárias.