Polícia evita que mulher cometesse suicídio se jogando de cima da ponte sobre o Rio Madeira

A vítima contou para os policiais que sofre depressão e no dia anterior teria tido uma discussão em seu local de trabalho...

0
136

Nesta madrugada de terça-feira (08), uma mulher de 34 anos, foi salva por uma guarnição da Polícia Militar do 1° batalhão que avistou que a mulher cometesse suicídio se jogando da ponte sobre o Rio Madeira em Porto Velho.

Conforme relatos dos policiais, eles estavam em patrulhamento pela Vila do Dnit na BR 319, após a Ponte e quando já estavam retornando e passando sobre ponte avistaram a mulher chorando com uma perna sobre a grade de proteção, momento que os militares pararam a viatura e se aproximaram e começaram a conversar com a mulher.

Depois de alguns minutos de conversa a vítima que sofre de depressão desistiu e deixou ser pega pelos policiais que a colocaram dentro da viatura e alguns metros dali a moto dela foi encontrado jogada com um capacete. Ela deu o endereço onde mora e quando os PM’s estavam a levando, ela disse que sofre com depressão e teria discutido no trabalho, quando chegou em sua casa seu esposo contou que ela já tentou outras vezes se matar. A motocicleta também foi entregue para o esposo e o caso foi registrado no 1° DP.