ELEIÇÕES 2018: Dois mesários morrem durante votação neste segundo turno

Andreia Cristina Duarte Gouvea, de 51 anos, sofreu um infarto enquanto atuava em seção eleitoral do Tijuca Tênis Clube, Zona Norte do Rio

0
256

Mais um mesário morreu, neste domingo (28), durante a votação do segundo turno das eleições. Ambos os casos foram registrados no Rio de Janeiro.

Andreia Cristina Duarte Gouvea, de 51 anos, estava atuando na seção eleitoral do Tijuca Tênis Clube, Zona Norte do Rio, quando teve um infarto. Ela chegou a ser socorrida por uma equipe do Corpo de Bombeiros, e foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região, mas não resistiu.

“Lamentavelmente, tivemos o conhecimento de que uma outra mesária durante os trabalhos de votação na tijuca passou mal. Foi chamada a ambulância, foi conduzida para a unidade de atendimento da Tijuca, que é bem perto da seção, mas veio a falecer. Foi um infarto”, disse a diretora-geral do TRE-RJ, Adriana Brandão.

Segundo o órgão, Andreia era servidora pública e mesária desde 2010.

PRIMEIRO CASO DE MORTE DE MESÁRIO NAS ELEIÇÕES 2018

Depois de passar mal, um mesário de 50 anos morreu, no início da manhã deste domingo (28), logo assim que começou a votação, às 8h10. Ele servia na zona eleitoral no Cefet de Santa Rita, em Nova Iguaçu, Baixada Fluminense, segundo informações. A seção foi transferida para uma outra sala, e não houve problemas para os eleitores.

De acordo com o portal, bombeiros chegaram a ser acionados, mas encontraram o homem morto. A diretora-geral do TRE-RJ, Adriana Brandão, disse que ele sofreu uma parada cardíaca. O caso está sob investigação da 58ª DP (Posse).