Acusado de planejar assassinato de Chico Pernambuco vai a júri nessa quarta-feira

Executado na noite de 18 de março do ano passado, momentos antes de chegar em casa, o ex-prefeito foi atingido com três disparos.

0
501

Acusado de planejar a mediar a morte de Francisco Vicente de Paula (Chico Pernambuco), ex-prefeito de Candeias do Jamari, Katsumi Yuji Ikenohuchi Lema será julgado nessa quarta-feira (17), no 1º Tribunal do Júri da Comarca de Porto Velho.

Katsumi Ikenohuchi é a acusado de negociar diretamente com Marcos Ventura Brito, já condenado a 14 anos e 6 meses de reclusão, a morte do ex-prefeito porque Chico Pernambuco não cumpriu acordos realizados durante a campanha eleitoral. Executado na noite de 18 de março do ano passado, momentos antes de chegar em casa, o ex-prefeito foi atingido com três disparos. Dois tiros atingiram o tórax e um a cabeça.

De todos os sete denunciados pelo crime, apenas Katsumi Yuji estava foragido. Os demais comparsas já foram condenados: Marcos Ventura Brito, Henrique Ribeiro de Oliveira e Diego Nagata Conceição, Talisso Souza de Oliveira, Wellyson da Silva Vieira e Willian Costa Ferreira. Todos os réus cumprem as penas em regime fechado.