Homem leva tiro com bala de borracha ao atacar policiais com facão após tentar matar mulher

Além de tentar matar a mulher o suspeito ainda tentou matar os policiais...

0
814

Juvenor Nolasco Da Costa, 72 anos, foi baleado com dois tiros com balas de borracha e preso na noite de quinta-feira (11), após tentar matar uma mulher identificada como Joelita G. G. S. (53), e depois tentar contra a vida dos Policiais militares utilizando um facão na frente de uma residência localizada na Avenida Floriano Peixoto, região central do município de Machadinho D’Oeste.

De acordo com informações de testemunhas, a mulher estava trancada na casa pedindo socorro enquanto o suspeito que estava embriagado do lado de fora de posse de um facão querendo matar a vítima à todo custo. Uma guarnição da Polícia Militar foi solicitada para atender a ocorrência quando se aproximou, Juvenor foi avistado ainda com o facão nas mãos e foi na direção dos Policiais que antes de descer da viatura o suspeito já tentou acertar um dos Policiais que ordenou que o mesmo largasse o facão e mesmo assim ele ainda investia contra os militares, momento que a vítima saiu da casa e o suspeito correu atrás dela para a matar, sendo necessário que um policial deve um tiro de espingarda calibre 12 com bala de borracha nas pernas do suspeito e ele não parou até que a vítima conseguiu se trancar na casa novamente.

Os policiais tentaram verbalizar com Juvenor, mas nada adiantava e ele novamente tentou golpear um dos Policiais e outra vez foi efetuado mais um tiro, dessa vez o homem largou o facão se entregando. Os PMs acionaram uma equipe de resgate do Corpo de Bombeiros que prestou socorro ao suspeito e foi levado para o hospital, a mulher também recebeu atendimento do Samu, pois estava em estado de choque pela situação que passou. A mulher contou que ele já é acostumado fazer esse tipo de coisa, que o mesmo mora como inquilino em uma casa ao fundos da dela e ele já havia tentado outras vezes lhe matar.

Os policiais fizeram contato com o suspeito no hospital, porém, o mesmo relatava que não havia tentado matar ninguém informando que não se lembrava de nada. O facão foi apreendido e o caso foi registrado na delegacia como tentativa de homicídio e o suspeito ficará sob cuidados médicos sobe escolta da Polícia até que ele receba alta para ser apresentado para a Polícia Civil.