Viciada diz que não tem dinheiro para comprar entorpecente e tem corpo incendiado por usuária de drogas

A vítima foi socorrida e a suspeita foi presa minutos depois....

0
386

Maria Lúcia da Silva, 37 anos, foi presa em flagrante no final da manhã deste Domingo (30), após atentar contra a vida de uma mulher identificada como Gislene de Matos Oliveira, 33 anos, ateando fogo no corpo da vítima, durante um desentendimento por motivos de drogas na praça dos Três poderes, em Frente o Terminal rodoviário de Ariquemes.

A Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência, quando chegaram a vítima já havia recebido os primeiros socorros de uma equipe do Samu e foi levada para o Hospital Municipal para atendimento médico. Os PMs se deslocaram para a Unidade de saúde e em contato com a vítima, está relatou que é usuária de drogas e estava junto com Maria Lúcia fazendo o uso de drogas, quando o entorpecente acabou a suspeita pediu para que Gislene comprasse mais, porém, disse que não tinha dinheiro e Maria Lúcia pegou e jogou álcool no corpo da vítima, em seguida ateou fogo e fugiu.

Após colher as informações sobre as características da suspeita os PMs passaram a fazer diligências pela região, sendo localizada na Rua 2 do setor 02 comercial e ainda estava com um vasilhame de álcool e confessou o crime e disse que só cometeu o crime por que levou um tapa na cara da vítima e resolveu se vingar. Diante dos fatos ela recebeu voz de prisão pelo crime de tentativa de homicídio e a vítima permaneceu internada sob cuidados médicos.