Com mais um ‘pênalti do VAR’, Dinamarca e Austrália ficam no empate em jogo movimentado

Novamente aos cinco minutos, a Dinamarca quase pulou na frente novamente. Após jogada pela direita, a bola ficou com Sisto, que da entrada da área bateu colocado para fora.

0
200

Dinamarca e Austrália empataram por 1 a 1 em jogo realizado na manhã desta quinta-feira, em Samara. Equilibrada, a partida foi movimentada, com bons momentos para ambos os times. Os gols do jogo foram marcados no primeiro tempo.

Grande astro dinamarquês, Eriksen abriu o placar no começo do jogo, enquanto Jedinak empatou de pênalti com a ajuda do VAR. A bola bateu no braço de Poulsen e o árbitro Mateu Lahoz teve que ver o vídeo para confirmar a penalidade.

Com o resultado, os dinamarqueses ocupam provisoriamente a liderança do grupo C com quatro pontos, enquanto os australianos estão no terceiro lugar com um ponto. França e Peru se enfrentam ainda nesta quinta-feira também pela segunda rodada da fase de grupos.

A última rodada do grupo C ocorre na próxima terça-feira. A Dinamarca enfrenta a França em Moscou, enquanto a Austrália duela contra o Peru em Sochi. Ambos os jogos começam às 11h.

VAR em ação novamente

A Dinamarca começou com tudo e abriu o placar com Eriksen, que acertou um belo chute da entrada da área. Com mais técnica no meio-campo, o time europeu teve o controle inicial e quase ampliou com Jorgensen, que cabeceou para fora.

A partir da metade do primeiro tempo, contudo, os australianos começaram a mandar na partida, apostando principalmente na bola aérea. Em um destes cruzamentos, a bola bateu no braço de Poulsen na área e o árbitro Mateu Lahoz precisou do VAR para assinalar pênalti. Jedinak cobrou com cataegoria e deixou tudo igual.

Domínio australiano não resulta em gols

Novamente aos cinco minutos, a Dinamarca quase pulou na frente novamente. Após jogada pela direita, a bola ficou com Sisto, que da entrada da área bateu colocado para fora.

Quem tinha o domínio, contudo, era a Austrália, que apostava na marcação forte e na saída veloz pelos lados do campo. Poucas chances claras, no entanto, foram criadas. Aos 42 minutos, Schmeichel fez duas grandes defesas em chutes de Arzani e Leckie, garantindo assim o empate no confronto.