VILHENA: Mecânico é morto com três tiros na cabeça na frente de casa

A polícia isolou a área e protegeu até a chegada da Polícia Técnica (perícia) que após os trabalhos de praxe liberou o corpo para a funerária Vilhena fazer a remoção.

0
564

Junior Pereira Bastos, de 42 anos, conhecido como “Junior Mecânico”, pois trabalhava numa oficina nos fundos de sua residência, na Rua 1510, no Bairro Cristo Rei, em Vilhena, foi morto a tiros.

O crime aconteceu na noite deste domingo, 27, quando a vítima estava em frete a casa dele em companhia da esposa, filhos e amigos.

De acordo com informações de pessoas que presenciaram o fato, um homem de estatura baixa, gordo, de boné preto, desceu de uma moto de cor escura na esquina da rua e subiu a pé sem tirar o capacete, se aproximou da vítima, e efetuou vários disparos provavelmente de revólver, pois não foi encontrada capsulas no chão.

A vítima foi atingida por três disparos na cabeça e morreu no local. O assassino correu até a rua de cima, onde o condutor da moto o aguardava para fuga.

A polícia isolou a área e protegeu até a chegada da Polícia Técnica (perícia) que após os trabalhos de praxe liberou o corpo para a funerária Vilhena fazer a remoção.

O motivo do crime ainda é um mistério, mas algumas pessoas próximas a vítima falam que haveria uma possível desavença entre irmãos por herança. Porém, Apenas a investigação da Polícia Civil, deverá apontar o real motivo e quem assassinou Junior Mecânico.