Pai estupra e engravida filha de 16 anos com problema psiquiátrico

O caso foi em Tocantinópolis, no norte do estado. A jovem tem 16 anos e está no oitavo mês de gestação.

0
645

A adolescente foi entrevistada por psicólogos e promotores de justiça. O laudo constatou que era seria incapaz de manter relações sexuais de forma consentida e por isso a prisão preventiva do pai e o encaminhamento dela para um abrigo foram determinados pela Justiça.

Segundo o inquérito, a mãe sabia dos abusos, mas declarou que ela e a filha haviam perdoado o pai. A prisão dele foi feita na casa do casal, na Vila Valdenor. A mulher segue sendo investigada.

A investigação foi comandada pela delegada Lívia Rafaela Almeida de Vasconcelos. O caso começou a ser investigado quando a gravidez da jovem e o suposto abuso começaram a repercutir nas redes sociais. O homem foi levado para a Cadeia Pública da cidade.