DURANTE BRIGA COM FACÃO MORADOR DE RUA TEM BRAÇO QUASE DECEPADO

A vítima teve o braço quase decepado....

0
612

Durante a tarde deste Domingo (06), a Polícia Militar foi acionada para atender uma o ocorrência de tentativa de homicídio, onde as informações davam conta que um homem teria sido atacado com inúmeros golpes de facão durante uma briga em uma residência abandonada situada na Rua Júlio de Castilho, a menos de 100 metros do quartel da Companhia de trânsito, bairro Olaria, área central da capital.

Quando os militares chegaram no local se depararam com a vítima João José Duarte Pinheiro, 37 anos, dentro da casa, todo ensanguentado e diversos cortes pelo corpo e tinha uma fratura exposta no braço onde se percebia que o braço estava quase decepado. Uma equipe médica do Samu foi solicitada que rapidamente chegou no local e iníciou os procedimentos de primeiros socorros e o levaram as pressas para a emergência do hospital João Paulo II, com o estado de saúde gravíssimo, por ter perdido muito sangue.

Segundo o que a Polícia apurou no local junto às testemunhas, a casa onde a vítima estava, é ocupada por usuários de drogas e na data de hoje a vítima teria iniciado uma confusão com o agressor, sendo que João se armou com uma faca e tentou esfaquear o suspeito que por sua vez pegou um facão e desferiu vários golpes na vítima que foi atingido na cabeça, pernas, braços, costas e tórax. Os policiais fizeram diligências pela região no intuito de prender o suspeito, mas ele não foi localizado, apenas a arma usada no crime e o registro da ocorrência de tentativa de homicídio na Unisp centro.