Baleado morre em terreno baldio ao tentar fugir do assassino em Alto Paraíso

Populares que ajudaram os Policiais nas buscas, localizaram o corpo da vítima já sem vida em meio ao mato alto. O local foi isolado para a perícia Polícia Técnico-Científica (POLITEC)

0
243

Na noite desta terça-feira (17/04) por volta das 22h, a vítima Lucas Mota Marques de 20 anos, acompanhado do seu irmão H.D.M.M. de 18 anos e do amigo R.C. de 28 anos foram abordados por dois elementos, na quadra Municipal de Esportes, localizada na Rua Rio Madeira, no Jardim Alvorada II em Alto Paraíso.

De acordo com uma das vítimas, uma motocicleta aparentando ser uma Honda CG-150 cor vermelha aproximou-se e o carona desceu com um revólver em punho, possivelmente calibre 38 mm de cor prata, apontando para a vítima efetuando dois disparos e um terceiro contra o irmão da vítima. Os jovens após os serem alvejados, saíram em disparada correndo para dentro de um matagal.

A guarnição da PM realizou buscas em meio ao matagal, mas em primeiro momento não localizou o jovem. Populares que ajudaram os Policiais nas buscas, localizaram o corpo da vítima já sem vida em meio ao mato alto. O local foi isolado para a perícia Polícia Técnico-Científica (POLITEC) de Ariquemes constatando que a vítima apresentava uma perfuração na altura do Tórax e uma perfuração nas costas.

Os Policiais foram informados dos nomes e os endereços dos suspeitos, a denúncia afirmou que um dos suspeitos que pegou a moto emprestada teve um desentendimento com a vítima no último domingo (15/04), que culminou em troca de agressões e que a desavença possa ter sido o motivo da execução. A guarnição realizou diligencias nas residências dos suspeitos, mas nenhum deles foram encontrados. A Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Vida em Ariquemes, está investigando o caso.